Moeda: Clima: Marés:
Início Futebol

Brasil dá show e goleia a Coreia do Sul em amistoso

Seleção brasileira venceu os sul-coreanos por 5 a 1. Próximo jogo da amarelinha é contra o Japão, na segunda-feira (6), às 7h20
Brasil
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Com show dos comandados de Tite, o Brasil goleou a Coreia do Sul por 5 a 1 em amistoso preparatório para a Copa do Mundo do Catar. Neymar, duas vezes, Richarlison, Philippe Coutinho e Gabriel Jesus marcaram os gols da vitória implacável da seleção brasileira sobre os sul-coreanos. O próximo compromisso da amarelinha é diante da seleção do Japão, na segunda-feira (6), às 7h20 (de Brasília), no estádio nacional de Tóquio, capital japonesa. A informação é do R7.

O jogo

A equipe do técnico Tite começou da forma que se esperava, em cima dos sul-coreanos. A diferença era nítida entre os dois times e se traduziu num alto volume de oportunidades de gol para o Brasil.

Aos 6 minutos de jogo, saiu o primeiro gol da seleção. Alex Sandro fez ótima jogada pela esquerda, superando três marcadores, e tocou para o meio da área. Fred chegou finalizando, mas a bola encontrou Richarlison no meio do caminho, que desviou para o gol e teve a ajuda do goleiro Kim Seung-Gyu, que aceitou.

Logo na sequência, o Brasil, que marcava com linhas altas e em cima da seleção sul-coreana, roubou a bola no ataque com Lucas Paquetá, que rapidamente tocou para Neymar. O camisa 10 fez boa jogada pela ponta direita e serviu Raphinha, que chutou forte, mas a bola carimbou o travessão adversário.

Se o Brasil perdeu grande oportunidade, a Coreia do Sul não desperdiçou quando teve a chance. Hwang Ui-Jo recebeu na área, girou com facilidade em cima de Thiago Silva e finalizou bem, no canto direito de Weverton, sem chances de defesa para o goleiro.

Mesmo com o gol sofrido, a seleção continuou em cima. Depois de duas grandes defesas de Kim Seung-Gyu, a bola sobrou para Alex Sandro, que foi mais rápido que o defensor e foi derrubado na área. O juiz não marcou na hora, mas teve a ajuda do árbitro de vídeo e voltou atrás na decisão. Neymar foi para cobrança e fez o segundo dos comandados de Tite.

Na volta do intervalo, o cenário da partida continuou o mesmo, com o Brasil em cima. Aos 10 minutos da segunda etapa, Alex Sandro, que aparecia sempre muito bem pelo flanco esquerdo, foi novamente derrubado dentro da área. Mais uma vez, o VAR entrou em ação e corrigiu o erro do árbitro, que não tinha visto pênalti. Na marca da cal, Neymar, de novo, deslocou o goleirão e ampliou o marcador.

Muito superior ao longo de todo o jogo, o Brasil quase fez o quarto gol com Raphinha, que acertou a trave depois de ótimo chute colocado. O gol que transformou o placar em goleada, porém, veio com Philippe Coutinho, que saiu do banco e anotou um golaço, no ângulo de Seung-Gyu.

E se quatro já não eram o suficiente, Gabriel Jesus, que também saiu do banco, fez o quinto da seleção brasileira e selou o marcador. O atacante fez linda jogada pela ponta direita, driblou três defensores e só colocou a bola no canto direito do goleirão, com muita classe. Um golaço!

Palavras Chave

Futebol

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.