Início Notícias

Cabo acusado de roubo e estupro é expulso da PM

Um cabo da Polícia Militar foi expulso da corporação após ser alvo de acusações de estupro, estupro de vulnerável e roubo. Conforme portaria publicada nessa terça-feira (29), no Diário Oficial do Estado (DOE), investigações apontaram “provas contundentes e robustas” contra o policial, que, na avaliação da instituição, “afrontou a honra pessoal, o pundonor e a ética policial militar, assim como decoro da classe”.

Leia também:

Em um dos processos, o policial foi acusado de estuprar dois menores de idade na Praia de Jacarepé, em João Pessoa, em dezembro de 2015. Outra investigação é referente a um roubo ocorrido em janeiro de 2016, também contra adolescentes. Nesta ocasião, o cabo usou uma arma de fogo para ameaçar as vítimas.

“Apesar de os acontecimentos terem sido distintos, as vítimas das duas ações criminosas foram uníssonas ao relatar os detalhes dos atos praticados pelo cabo, o qual foi reconhecido de forma veemente pelas mesmas. Os crimes vieram à lume a partir do evento de janeiro de 2016, em que o cabo subtraiu das vítimas seus celulares, tendo esse fato sido o fio da meada para se chegar ao militar, identificando-o como o responsável pelos crimes”, diz a portaria.

Ainda na justificativa da expulsão, a Polícia Militar diz que os depoimentos das vítimas expuseram “uma realidade nefasta e que marca um profundo descompasso entre tais condutas e o dever que o cabo um dia assumiu, por ofício e compromisso voluntário, de defender a sociedade”.

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.