Início Notícias

Caminhoneiros continuam protestos em BRs na Paraíba

Trechos das rodovias BR-101, BR-412, e BR-230 registram interdições desde a tarde desta terça-feira (22) por conta de protestos dos caminhoneiros que ocorrem desde essa segunda-feira (21). A categoria se manifesta contra a alta no valor do óleo diesel, da gasolina e do etanol.

Leia também:

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, havia, até o fechamento desta matéria, no fim da noite desta terça-feira, sete pontos de interdição na Paraíba.

Dois pontos na BR-412: Um deles na cidade de Boa Vista (km 18) e o outro em Monteiro (km 145), nas proximidades da divisa com Pernambuco.

Apenas um bloqueio na BR-101, em João Pessoa (km 89).

Quatro pontos de interdição na BR-230:  Na entrada de Campina Grande (km 143) e na saída da cidade, com direção ao Sertão (km 165); no município de Soledade (km 213) e em Junco do Seridó (km 263).

Em todos esses bloqueios, conforme relatou a PRF, havia interdição parcial do fluxo, havendo impedimento de tráfego de veículos de carga e de automóveis oficiais.

Em todas as interdições, os manifestantes organizaram uma longa fila de caminhões para protestar.

Comentários

  • Eduardo José disse:

    Lei fica só no papel!!!

  • Otamar Lima Fa Silva disse:

    Desmoralizado ta o povo,que através dos caminhoneiros têm uma nova arma de combate à corrupção.

  • Eduardo disse:

    Causa justíssima, ninguém aguenta mais tanto aumentos nos combustíveis, tem que protestar mesmo e digo mais deveria ter o apoio de outras categorias!!! O governo tem que saber que o povo cansou de ser besta, não recebemos em dolar, pq combustível reajustado por ele? Simples assim.

  • Felix disse:

    Tem de parar MESMO! O certo seria os batedores de panelas voltarem as ruas aproveitar o momento e também derrubar esse facínora transvestido de presidente! me pergunto, onde estão os Estudantes e sindicatos da vida???

  • David disse:

    Lembrando que os caminhoneiros também são responsáveis por isso pois também foram levados como massa de manobra para destituir a Dilma. Na época reclamavam pelo preço de 2,90… Agora estão aí pagando o preço, agora é chorar e lembrar com saudades…

  • heraldo disse:

    E a decisão judicial fica desmoralizada?

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.