Moeda: Clima: Marés:
Início Saúde

Campanha de vacinação contra gripe é ampliada para todos os públicos em João Pessoa

Quem chegar para receber a vacina nas unidades indicadas precisa apenas apresentar o cartão de vacinação ou documento com foto
Gripe
Foto: Divulgação/Secom-JP

A partir desta segunda-feira (27) a Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza (gripe) está sendo ampliada para todos os públicos em João Pessoa. A mudança segue as orientações do Ministério da Saúde (MS). Além das quatro policlínicas municipais que funcionam das 7h às 17h, a Prefeitura da Capital também está atendendo a população no Centro de Imunização Municipal, no bairro da Torre, das 8h às 16h, e nas Unidades de Saúde da Família (USFs), das 7h às 11h e das 12h às 16h.

Quem chegar para receber a vacina precisa apenas apresentar o cartão de vacinação ou documento com foto. Raquel Moraes, diretora da Vigilância em Saúde da Prefeitura de João Pessoa, explica que é importante que as pessoas busquem um posto de saúde e atualizem o cartão de vacina, seja com as doses de campanha, seja com as doses do calendário de rotina.

“Estamos com uma grande variação no clima, com diferentes temperaturas e níveis de umidade, e que nesta época do ano facilitam o desenvolvimento de algumas doenças e mais facilmente a propagação de vírus. Portanto, orientamos que as pessoas busquem um serviço de saúde e garantam a vacinação, principalmente as de campanhas, que previnem contra a gripe e Covid-19”, destacou a diretora. Ainda, segundo a ela, a vacina está sendo ofertada enquanto houver doses disponíveis em toda rede municipal.

Covid-19 e Influenza

A aplicação simultânea das doses pode ser realizada em toda a população acima de 12 anos, desde que não possua sintomas gripais ou não tenha contraído Covid-19 nos últimos 30 dias. Neste caso, é necessário aguardar o fim dos sintomas, de maneira que o organismo se recupere completamente para a administração das vacinas. Essa é uma nova orientação. Em 2021, com a novidade das fórmulas contra Covid-19, era preciso aguardar 14 dias. Mas, de acordo com a gestão municipal, há segurança e eficácia na aplicação conjunta.

“Já no caso de crianças, entre 5 e 11 anos, é necessário aguardar um intervalo de 15 dias entre a aplicação das doses, independente da ordem”, completou Raquel Moraes. Aquelas crianças que não receberam nenhuma vacina devem receber primeiro contra a Covid-19 e, após 15 dias, receber as vacinas que fazem parte do calendário de rotina. No caso da Influenza, a vacina está disponível para crianças na faixa etária de 6 meses até 5 anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias).

Precauções

Em doenças agudas febris moderadas ou graves recomenda-se adiar a vacinação, até a resolução do quadro, com o intuito de não se atribuir à vacina as manifestações da doença.

Contraindicação

A vacina contra gripe utilizada nas campanhas do Programa Nacional de Imunização do Governo Federal deve ser evitada por quem tem alergia grave ao ovo de galinha e adiada a administração da dose para quem apresenta quadro febril agudo.

Locais para vacinação:

– Centro Municipal de Imunização (CMI) – Av. Rui Barbosa, Torre;

  Horário: De 8h às 16h

– Unidades de Saúde da Família (USF);

    Horário: De 7h às 11 e de 8 às 16h

– Policlínicas Municipais de Saúde;

  Horário: De 8h às 16h

De segunda a sexta-feira, as pessoas poderão procurar a unidade de saúde da família (USF) mais próxima de casa para se imunizar e atualizar o cartão de vacinação no horário de funcionamento de cada serviço.

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.