Moeda: Clima: Marés:

Campinense confia no retrospecto em casa para chegar ao G4, na Série D

Raposa encara o Iguatu-CE na noite desta terça (20), no Amigão. Até agora, time venceu todas as três partidas que disputou em casa, pela competição nacional
(Foto: Assessoria/Campinense)

O Campinense entra em campo nesta terça-feira (20), para encarar o Iguatu-CE, no estádio Amigão, às 20h, em Campina Grande, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro da Série D.

O time aposta no retrospecto, jogando em casa. Esta é a chance da Raposa vencer para voltar a integrar o G4 do Grupo A3 e continuar administrando a classificação para a próxima fase da competição.

Os cálculos estão feitos e o Campinense já sabe como chegar aos seus objetivos no fim da rodada. Ocupando a sexta colocação com 11 pontos ganhos, o time rubro-negro caso consiga vencer chegará aos 14 pontos, subindo duas posições superando Potiguar de Mossoró que soma 12 pontos, na quinta colocação e o Sousa que tem 13 pontos, na quarta posição.

Retrospecto em casa

Este será o quarto jogo do Campinense, atuando como mandante, na primeira fase da Série D. Foram três partidas, disputadas no estádio Amigão, com três vitórias.

Com apoio da torcida, a Raposa derrotou o Globo-RN por 4 a 0. Depois superou o Nacional de Patos por 1 a 0 e ganhou do Potiguar de Mossoró por 2 a 1.

Para chegar aos 11 pontos ganhos, o Campinense disputou oito partidas, na campanha geral, com três vitórias, dois empates e três derrotas.

O time rubro-negro tem um ataque com aproveitamento, com dez gols a favor. Mas a defesa da Raposa não teve bom comportamento, pois deixou passar oito bolas.

Dois desfalques

Com a necessidade de vencer o compromisso desta terça-feira, o treinador Luan Carlos ainda não definiu a maneira de a sua equipe atuar. Ele não vai poder ter duas peças importantes ao longo da competição, no seu esquema de jogo.

O volante Guilherme Escuro e o atacante Matheus Lagoa foram punidos com o terceiro cartão amarelo, na partida passada, quando a Raposa empatou com o Potiguar-RN, em 0 a 0.

A maior preocupação do treinador Luan Carlos é escolher o substituto do volante Guilherme Escuro, pois não conta com nenhum especialista no setor. Pois isso, o time só deve ser definido momentos antes do início da semana.

Quanto ao atacante Matheus Lagoa, não existe tanta preocupação, pois o atleta não vinha sendo escalado como titular.

Arbitragem

O árbitro Djonaltan Costa de Araujo da Federação Paraense de Futebol comanda o jogo entre Campinense e Iguatu-CE.

Os assistentes são Rafael Guedes de Lima e Paulo Ricardo Alves Farias. O quarto árbitro é Tiago Ramos de Oliveira e o analista de campo é Miguel Felix de Oliveira, todos da Paraíba.

Palavras Chave

CampinenseSérie D
publicidade
© Copyright 2024. Portal Correio. Todos os direitos reservados.