Campinense pode embolsar R$ 675 mil se ganhar jogo desta terça

Responsabilidade do representante de Campina aumenta na luta por uma vitória para chegar à segunda seguinte
Foto: Divulgação

Uma vitória que vale R$ 675 mil. Esse é o valor a ser pago ao Campinense caso o time rubro-negro passa de fase na Copa do Brasil. O desafio será nesta terça-feira (9), às 21h30, contra o Bahia-BA, no estádio Amigão, em Campina Grande. Enquanto o time mandante precisa vencer, pelo regulamento, o visitante joga pelo empate.

Por isso, a responsabilidade do representante de Campina Grande aumenta na luta por uma vitória para chegar à segunda seguinte.

Além dos números financeiros, que darão sustentação econômica ao clube, a comissão técnica e jogadores do Campinense estão prometendo uma vitória. A proposta é elevar o nome do Campinense para o futebol brasileiro, mostrando as tradições do clube rubro-negro.

O treinador Ederson Araújo tem no seu elenco os jogadores Rubens Júnior, Allefe, Kemerson, Júnior Gaúcho, Gabriel Pereira, Weslen, Rafinha, Patrick, Marcus Nunes, Matheus Regis, Cadu, Danilo, Silvio Carrasco, Daniel, Eduardo Voltan, Cleidson Pink, Ruan, Pedro Victor, Renato Cruz, Marcelinho, Sérgio Vinícius e Pedro Cobel.

O árbitro para Campinense e Bahia, nesta terça-feira (9), às 21h30, no estádio Amigão, em Campina Grande, será Dyorgines José Padovani de Andrade (ES). Os assistentes serão Fabiano da Silva Ramires e Vanderson Antonio Zanotti, também capixaba. O paraibano Diego Roberto será o reserva. O analista de campo será Miguel Félix (PB).

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.