Receita Federal

Meio Ambiente

#SouRepórterCorreio

TV Correio

Ficha Limpa, Candidaturas
Urna eletrônica (Foto: Nelson Jr./ ASICS/TSE)

Candidatos avaliam resultado de pesquisa para governo do Estado

Levantamento mostra que o candidato José Maranhão (Coligação ‘Porque o Povo Quer’) continua liderando a corrida pelo Palácio da Redenção com 29,8%

825
COMPARTILHE

Os candidatos ao governo do Estado comentaram, nesta terça-feira (18), os números da nova pesquisa de intenção de voto estimulada, realizada  pela Método Pesquisa e Consultoria e contratada pelo Jornal CORREIO, para o Governo do Estado. O levantamento mostra que o candidato José Maranhão (Coligação ‘Porque o Povo Quer’) continua liderando a corrida pelo Palácio da Redenção com 29,8%. Apesar de estar à frente, Maranhão registrou pequena queda em relação à primeira pesquisa (32,7%) divulgada dia 3 deste mês.

Em segundo lugar agora aparece João Azevêdo (Coligação ‘A Força do Trabalho’) com 23,5%. Em relação à pesquisa anterior (14,6%), João aumentou 8,9 pontos percentuais. Já Lucélio Cartaxo (Coligação ‘Força da Esperança’), que na pesquisa anterior estava em segundo (com 17,5%), ficou em terceiro com 18,9%. Ele também registra crescimento entre uma pesquisa e outra: um pouco mais que 1 ponto percentual. João e Cartaxo continuam tecnicamente empatados.

Tárcio Teixeira do PSOL permanece com 1,1% e Rama Dantas, PSTU, com 0,4% das intenções de voto. Indecisos somaram 12,3%. O percentual diminuiu em relação à pesquisa anterior quando 15,6% disseram não saber em quem votar. Votariam branco/nulo somaram 14,1%. Na pesquisa divulgada no início do mês, esse percentual chegou a 18,1%.

Avaliação dos candidatos

Líder na pesquisa com 29,8%, o candidato José Maranhão (MDB), se mostrou satisfeito com o resultado do levantamento e revelou ter ainda mais ânimo para continuar levando as novas ideias e propostas aos quatro cantos da Paraíba. No último levantamento, o emedebista também apareceu na primeira colocação com 32,7%.

Segundo Maranhão, os números mostram que as pessoas estão recebendo bem sua mensagem.  “Vejo com satisfação o resultado, pois demonstra que as pessoas estão recebendo bem nossa mensagem, nos dando mais uma vez a liderança. Isso me dá mais ânimo ainda para continuar mostrando as novas ideias e propostas para enfrentar os graves problemas que afligem os paraibanos nas áreas essenciais como Saúde, Segurança, Educação e geração de Emprego e Renda. Sigo o firme propósito de continuar servindo à Paraíba”, destacou.

Já o candidato João Azevêdo, do PSB, que apareceu em 2º lugar na pesquisa com 23,5%, disse não ter costume de comentar pesquisas, pois segundo ele, o levantamento nada mais é do que uma fotografia do momento. “A pesquisa é uma fotografia do momento, depende do fotógrafo e da máquina que fez a foto”, observou.

Azevêdo disse também que sua campanha segue cumprindo o planejamento que foi feito e sido movida pela demonstração de apoio que vem das ruas.

O candidato Lucélio Cartaxo (PV) se disse tranquilo com os números, pois em vários outros levantamentos o cenário é bem diferente. De acordo com ele, sua candidatura tem crescido impulsionada pela recepção dos eleitores à sua mensagem, que lhe dá uma expectativa real de figurar no 2º turno. Cartaxo apareceu com 18,9% das intenções.

Questionado sobre como conquistar o voto do eleitorado indeciso, Lucélio garantiu que vai permanecer próximo das pessoas, levando uma mensagem de otimismo aos 223 municípios da Paraíba. “Vamos mostrar que é possível construirmos uma Paraíba melhor para todos, e que o governo vai cuidar das pessoas independente se o prefeito votou conosco ou não”, afirmou.

O candidato do PSOL, Tárcio Teixeira, disse que nãotem pautado sua campanha por meio das pesquisas que estão sendo divulgadas, pois percebe um cenário diferente nas ruas e nos debates até então realizados.

Sobre a estratégia para tentar conquistar o voto dos indecisos, Tárcio disse que vai em busca não só desse eleitorado, mas também daqueles que pretendem votar em outros candidatos. “Queremos tentar reverter o voto e desmascarar aqueles que atacaram e já governaram a Paraíba. Vamos mostrar que podemos disputar páreo a páreo”, afirmou.

Rama Dantas, do PSTU, disse que os números da pesquisa revela a desigualdade nos espaços destinados aos candidatos durante o processo eleitoral. Para ela, o quantitativo de eleitores indecisos e aqueles que pretendem anular ou votar em branco mostra que a população ainda está na expectativa de conhecer as propostas e definir quem vai escolher. “Estamos chamando os trabalhadores para fazer uma rebelião, pois nossa campanha tem sido voltada para os trabalhadores e o povo pobre”, comentou.

A candidata disse que vai aproveitar a reta final da campanha para levar sua mensagem nas portas das fábricas, das escolas e nas comunidades carentes do estado.

Sobre a pesquisa

A pesquisa foi registrada dia 12 deste mês no Tribunal Superior Eleitoral com o número BR-01555/2018 e no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba, número PB-02642/2018. A pesquisa quantitativa foi realizada entre os dias 12 e 15 deste mês, em 60 municípios da Paraíba, sendo aplicados 1.100 questionários no Estado. A margem de erro é de 3%, com intervalo de confiança de 95%.

Mais informações sobre essa segunda rodada da pesquisa ainda nesta terça-feira no programa Correio Debate, da 98FM, e Correio Debate, da TV Correio/Record.

Notícias mais lidas