Início Notícias

Cartaxo evita comentar pré-candidatura de Manoel Junior

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), evitou comentar a decisão de seu vice Manoel Junior (PSC) de anunciar pré-candidatura ao Senado Federal. O problema gerado nessa postulação de Manoel Junior é que isso significa que ele pode romper com o companheiro de prefeitura por não poder integrar a mesma chapa de Lucélio Cartaxo (PV), que já definiu seus pré-candidatos para o cargo de senador, sendo eles Cássio Cunha Lima (PSDB) e Raimundo Lira (PSD).

Leia também: Manoel Junior quebra silêncio e garante disputar Senado

Após se candidatar ao Senado, Manoel Junior inicia conversa com MDB

Pressionado sobre a possibilidade de perder o apoio do vice-prefeito de João Pessoa, Cartaxo disse apenas que o grupo que defende Lucélio não impõe condições aos aliados e mantém o diálogo com todos os que estiverem dispostos a seguir junto com a ala dessa pré-candidatura.

“Vamos fazer todo esforço no sentindo de ter maior número de lideranças dentro dessa proposta, com uma relação de diálogo e respeito às pessoas, respeitando a posição de cada um e a posição de cada um”, falou durante entrevista ao Correio Debate, da rádio Correio Sat/98FM.

Cartaxo disse que a única coisa que já foi definida, além da pré-candidatura de seu irmão, é que o vice para a chapa sairá de Campina Grande. “Já entramos em consenso que o vice virá de Campina. Vamos unir as duas maiores cidades formando uma chapa competitiva”, destacou sem comentar quem seria esse nome.

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.