Moeda: Clima: Marés:
Início Saúde

Centro de Doenças Raras já diagnosticou 475 crianças com Transtorno do Espectro Autista, em João Pessoa

Implantado há pouco mais de um ano, o Centro de Referência Multiprofissional de Doenças Raras já atendeu 611 crianças
Centro de Doenças Raras João Pessoa
(Foto: Secom-JP)

Implantado há pouco mais de um ano, o Centro de Referência Multiprofissional de Doenças Raras de João Pessoa já atendeu 611 crianças com idades entre 2 e 7 anos e e emitiu 475 laudos confirmando o Transtorno do Espectro Autista (TEA).

Conforme a coordenadora do Centro, Saionara Araújo, a ampliação do atendimento para crianças com TEA diminuiu uma fila de espera de mais de três mil crianças que dependiam de atendimento em apenas dois serviços: o CER II – Centro de Referência Municipal de Inclusão da Pessoa com Deficiência (CRMIPD), e a Funad, referência estadual.

Como funciona o atendimento

No Centro de Doenças Raras, as crianças passam pela avaliação diagnóstica com uma equipe multiprofissional formada por psicólogo clínico (especialista em avaliação neuropsicológica), médico neurologista, enfermeira e assistente social.

A importância dessa atividade pelo núcleo de apoio aos laudos de autistas é imensurável, uma vez que sem o laudo não é possível iniciar as terapias complementares nem o tratamento adequado, o que dificulta, consideravelmente, a vida das crianças como também das famílias dos mesmos, além de inviabilizar o acesso ao benefício que lhes é de direito

Saionara Araújo, coordenadora do Centro de Referência Multiprofissional de Doenças Raras

Para ser atendido, é preciso realizar o agendamento diretamente com o Centro, através do telefone 3213-7620. O atendimento acontece todas as quintas-feiras, das 7h às 17h.

No primeiro momento, a criança passará pela avaliação da equipe multiprofissional e, na semana seguinte receberá, através do serviço social, o laudo e as orientações sobre a assistência a seguir.

publicidade
© Copyright 2024. Portal Correio. Todos os direitos reservados.