Início Tempo

Em 24h, chove mais que a metade do esperado para todo o mês de maio em João Pessoa

Previsão é de que o dia continue chuvoso, com risco de raios e rajadas de ventos fortes
Trânsito é afetado pelas chuvas em João Pessoa (Foto: Divulgação/Semob-JP)

Chove forte em João Pessoa e região metropolitana desde a madrugada desta quinta-feira (13). Pontos de alagamentos se formaram no início da manhã e algumas localidades registraram lentidão no trânsito. A vacinação contra Covid-19 foi transferida do Santuário Mãe Rainha (Aeroclube) para a Escola Chico Xavier (Bessa). A previsão é de que mais chuvas ocorram ao longo do dia, em intensidade que preocupa especialistas em Meteorologia.

De acordo com a Defesa Civil, João Pessoa registrou 78 milímetros de chuva nas últimas 24 horas. Isso significa que um mesmo metro quadrado foi atingido por 78 litros de água de chuva. O volume corresponde a 52% do esperado para o mês. A série histórica dos últimos 30 anos aponta média de 150 milímetros para maio. A Defesa Civil não recebeu chamados, nem registrou ocorrências graves, mas segue sob alerta.

No início da manhã, o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) avisou que a previsão era de que o volume de chuvas seja suficiente para ultrapassar limiares críticos e classificou como alto o risco de deslizamentos de terra. Nessa quarta (12), o Inmet já havia alertado sobre o risco de acumulados de chuvas.

O alerta do Cemaden se confirmou horas depois. Por volta das 10h20, a Superintendência Executiva de Trânsito e Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob-JP) informou que uma barreira cedeu e interditou parte da Avenida Epitácio Pessoa, próximo à Rua das Acácias, no sentido Centro/praia. Uma equipe da Emlur foi até o local para fazer a limpeza da via e, por volta das 15h25, a Semob-JP informou que o trânsito estava fluindo normalmente.

No cruzamento da Epitácio Pessoa com a Avenida Maranhão, um buraco se abriu no asfalto. Agentes foram enviados aos locais.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou que houve deslizamento na barreira do Castelo Branco, no quilômetro 19 da BR-230, sentido João Pessoa/Cabedelo. No quilômetro 15 da mesma rodovia, sentido Cabedelo/João Pessoa, um buraco se abriu na pista da faixa da direita.

Foto: Divulgação/Semob-JP

Um vídeo registrado pelas câmeras da Semob mostra o momento exato do deslizamento na Epitácio.

Houve redução na frota de ônibus de linhas que possuem acessos comprometidos devido a pontos com alagamentos. Por volta das 15h25 a operação da frota foi normalizada.

A chefe da Divisão de Educação para o Trânsito da Semob-JP, Gilmara Branquinho, divulgou dicas de segurança que podem ajudar a evitar acidentes em dias chuvosos. São elas:

  • Evite frear bruscamente
  • Reduza velocidade
  • Mantenha farol acesso em luz baixa
  • Mantenha distância segura dos demais veículos
Pontos com alagamento em João Pessoa e região metropolitana
  • Av. Hilton Souto Maior (antes da rotatória do Caic), sentido Mangabeira
  • Av. Sanhauá (CBTU)
  • Rua da Mata (Cabo Branco)
  • Av. Valdemar Galdino Naziazeno, na lateral da Central de Polícia
  • Av. Pedro II, em frente ao Ibama
  • Av. Beira Rio, próximo ao acesso para o Altiplano
  • Av. Epitácio Pessoa, em frente ao Colégio Lourdinas
  • BR 230, km 32, em Bayeux
  • BR 230, km 15, sentido Cabedelo para João Pessoa, buraco na via na faixa da direita
  • BR 230, km 19, barreira do Castelo Branco, sentido João Pessoa para Cabedelo, descendo lama e entulho da Barreira. Faixa da direita interditada

De acordo com a Semob-JP, por volta das 16h desta quinta-feira, não havia mais pontos de alagamento pela cidade.

Alagamento na Av. Pedro II | Imagem compartilhada no WhatsApp

O que diz a Meteorologia

De acordo com o Climatempo, as chuvas são resultado do avanço das áreas de instabilidade associadas à Zona de Convergência Intertropical. A movimentação dessas áreas do mar para a costa acontece em outras Capitais do Nordeste, como Recife, Natal e Fortaleza.

A previsão é de que o dia continue chuvoso, com risco de raios e rajadas de ventos fortes. Para esta sexta-feira (14), ainda são esperadas chuvas, mas as áreas de instabilidade devem se expandir para o litoral de Alagoas e Sergipe.

Ainda segundo o Climatempo, entre 1h e 4h da madrugada desta quinta, somente em Cabedelo foram registrados 30 milímetros de chuva.

Comentários

  • carlos andre mendes disse:

    A reportagem mostra o que ja se sabe. Falta falar e cobrar do secretario de infraestrutura e do prefeito a soluçao definitiva dos alagamentos, os mesmos alagamentos de sempre.

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.