Início Executivo

Cidade paraibana é comandada por prefeita, vice-prefeita e 70% do secretariado de mulheres

Para Apam, presença feminina na política é algo fundamental para o fortalecimento da democracia
Joyce Renally e Maria do Céu (Foto: Divulgação)

O município de Duas Estradas, localizada na região do Brejo paraibano, tem se destacado por ter uma marca diferente da realidade estadual e nacional: ser comandado por mulheres, com prefeita, vice-prefeita e 70% do secretariado feminino. Apesar do sucesso administrativo, os desafios encarados pelas mulheres à frente de prefeituras não esbarram apenas nas questões financeiras e administrativas. O preconceito, a falta de oportunidades e a jornada, muitas vezes tripla, dificultam a participação delas na vida pública, como revela a prefeita Joyce Renally Felix Nunes. Hoje a Paraíba conta com 37 prefeitas, 16,4% de um total de 223 municípios.
 
Para a Associação Paraibana da Advocacia Municipalista (Apam), a presença feminina na política é algo fundamental para o fortalecimento da democracia. “É preciso reconhecer que alguns avanços já foram conquistados nas últimas décadas, como o direito ao voto e o direito de serem eleitas. Porém, no que tange a representatividade das mulheres na política, esse debate ainda se encontra muito distante do desejado. Infelizmente ainda há dificuldade das mulheres serem eleitas e ocuparem cargos de tomada de decisões”, destacou Yasmin Buriti, advogada municipalista e membro da Comissão Municipalista da OAB/PB.
 
A advogada afirma que mesmo ainda de forma tímida, a presença cada vez maior de candidatas é algo fundamental para o fortalecimento da democracia. “A representatividade feminina é extremamente necessária quando pensamos nas lutas pelos direitos das mulheres em um contexto no qual, como se sabe, ainda há muito preconceito, exclusão e violência contra ela”, disse Yasmin.
 
Na administração de Duas Estradas, a prefeita Joyce destaca o apoio e parceria da vice-prefeita Maria do Céu Paulino da Nóbrega. Para ela, a presença da companheira de trabalho é fundamental na condução da administração municipal. “Ela sempre foi uma grande liderança no município, uma parceira de lutas e batalhas. Juntas, conseguimos conquistar muita coisa para o município que mudou muito, bem como o reconhecimento da população que nos elegeu com 64% das intenções de votos”, revelou.
 
Para a prefeita Joyce, a administração pública feita por mulheres é pautada de uma maior empatia. De acordo com ela, as mulheres têm facilidade de se colocar no lugar do outro, principalmente quando tratamos com pessoas em vulnerabilidade social. “É diferente o tratamento que damos, sempre pautado pela empatia. Sabemos que as pessoas estão precisando e mesmo sem recursos suficientes, encontramos uma forma de ajudar”, disse.
 
O olhar para as mulheres e jovens também são reforçados em administrações femininas, a exemplo de Duas Estradas. Segundo a prefeita, o município prioriza ações que garantam o empoderamento feminino, através de cursos de capacitação e diversas outras ações. “Hoje o município conta com uma Associação de Costureiras com 16 pessoas trabalhando. Temos esse olhar diferenciado para as mulheres e também para os mais jovens que precisam garantir experiência profissional e se qualificar”, revelou.
 
Para a prefeita Joyce, além das dificuldades e problemas que devem ser solucionados na Prefeitura, ainda existe a família que merece a atenção. “A questão da família e maternidade também são pontos que devem ser observados na vida das mulheres gestoras. Eu tenho um filho de 10 anos que me cobra muito a minha presença. Ele sempre diz que eu trabalho muito e isso nos aperta o coração. Desdobro-me para ficar ao máximo com ele, mas por outro lado sei que a minha vida política é uma missão e não posso fugir disso”, disse, afirmando que quanto mais tiver a participação feminina na política, mais a sociedade conseguirá evoluir.

Palavras Chave

ExecutivoInterior
publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.