Início Notícias

CNI e Fiep discutem administração em alusão ao Dia da Indústria

Os conceitos e princípios da administração científica elaborados pelos principais pensadores e teóricos da área foram discutidos na manhã deste sábado (26) entre os membros da Academia Paraibana de Ciências da Administração (APAC) e um dos diretores da Confederação Nacional da Indústria (CNI), da Federação da Indústria da Paraíba (Fiep) e empresário, Roberto Cavalcanti.

A mesa redonda, que é uma reunião mensal promovida pela APCA, foi realizada ainda em comemoração ao Dia da Indústria, lembrado na última sexta (25), e os palestrantes falaram sobre a importância do setor para o desenvolvimento econômico do País e como um dos principais responsáveis pela geração de emprego e renda.

Com o tema “Os princípios científicos da administração propugnados por Taylor, Fayol e Ford frente aos tempos de hoje”, três membros da APCA destacaram a importância destes teóricos para o desenvolvimento da indústria e de que maneira os princípios defendidos por eles se refletem no atual cenário do setor e como é possível buscar soluções e estratégias para o desenvolvimento industrial, em seus vários segmentos de negócios.

O empresário e diretor da CNI e Fiep, Roberto Cavalcanti, destacou que é importante que os que fazem a indústria conheçam as propostas dos cientistas responsáveis pelo desenvolvimento industrial e a implantação do setor para o mundo, desde a sua criação, e reforçou que o embasamento teórico é fundamental para conhecer o cenário econômico e alavancar os negócios. “Estamos basicamente em uma academia de administradores e os setores empresariais, para se desenvolver, seja na industria, comércio ou serviços, têm que ter um embasamento técnico e é aqui que se vem buscar esse embasamento através da palavra de colegas e amigos que fazem esse mundo da administração no Brasil e no estado”, frisou o empresário.

O presidente da APCA, Mário Tourinho, lembrou que o setor industrial, na Paraíba, é um dos principais geradores de emprego e que o apoio de entidades como a CNI e Fiep é fundamental para a construção desse desenvolvimento no Estado. “Esses pensadores fizeram com que a Administração nascesse na base da indústria que eles viviam e os setores representativos desse segmento, como são a CNI e a Fiep, reforçam isso. Somente na Paraíba a indústria gera mais de 200 mil empregos, diretos e indiretos. Então, com o encontro de hoje (26), refletimos não só do ponto de vista científico da administração, mas também provocando sobretudo os setores governamentais para ter responsabilidade prioritária no a apoio a esses segmentos. Temos que olhar com mais afinco para o setor mais produtivo e provocar a sociedade para os caminhos do seu desenvolvimento”, destacou Mário Tourinho.

*Texto de Katiana Ramos, do Jornal Correio da Paraíba

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.