Início Destaque

Corpo de modelo é achado às margens do Rio Paraíba

A Polícia Civil localizou na manhã deste domingo (20) o corpo da modelo paraibana Lourrayne Damares da Silva, de 19 anos, em um matagal às margens do Rio Paraíba, no município de Sobrado, a 60 km de João Pessoa. Nesse sábado (19), o ex-namorado da vítima, um homem de 32 anos, principal suspeito do crime, foi preso em ação da Polícia Rodoviária Federal na cidade de Eunápolis (BA) e, em depoimento, confessou ter matado a jovem e indicou onde estaria o corpo.

Leia também: PM encerra festa com mais de 200 pessoas e apreende drogas

De acordo com o delegado seccional de Santa Rita, João Paulo Amazonas, Lourrayne e o suspeito se encontraram no dia 13 de dezembro no Aeroporto Castro Pinto. Ela estava morando há cerca de um mês em Goiânia (GO) e veio de lá para a Paraíba para fazer um procedimento estético e passar as festas de fim de ano com a família, em Campina Grande. Desde então, a vítima seguia desaparecida até ser encontrada morta.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o crime teria ocorrido em uma casa de veraneio em Lucena, Litoral Norte da Paraíba. O suspeito, então, fugiu e foi interceptado na cidade do interior da Bahia pela PRF e pela Polícia Militar da Bahia. De acordo com o delegado João Paulo, ele estaria se encaminhando para o sul do País.

Nesta segunda-feira (21) uma equipe da Polícia Civil da Paraíba irá até a cidade onde o suspeito foi preso para trazê-lo até João Pessoa, onde prestará depoimento. De acordo com o delegado, o suspeito do crime deverá chegar à capital paraibana entre terça-feira (22) e quarta-feira (23). Segundo João Paulo, ele tem histórico com a polícia, tendo sido preso duas vezes por violência doméstica, uma por porte ilegal de arma e ainda seria suspeito de envolvimento com o tráfico de drogas

* Com informações da TV Correio

 

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.