Início Notícias

CRM-PB interdita Hospital de Teixeira por irregularidades

O Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB) interditou eticamente, no início da tarde desta quinta-feira (16), o Hospital Municipal Sancho Leite, na cidade de Teixeira, no Sertão paraibano, a 330 km de João Pessoa. As principais irregularidades encontradas na unidade de saúde foram falta de equipe médica e direção técnica, ausência de equipamentos básicos, como material cirúrgico, eletrocardiograma, monitor cardíaco, cardioversor e Raio X.

Leia também: Hospital de Aroeiras é interditado por falta de médicos e equipamentos

“O hospital não tem a mínima condição de realizar qualquer procedimento cirúrgico. No momento em que fizemos a fiscalização, não havia nenhum médico no hospital”, ressaltou o diretor de fiscalização do CRM-PB, João Alberto Pessoa.

Ele acrescentou que no fim do ano passado vistoriou o hospital e deu um prazo até 31 de dezembro para que as principais inconformidades fossem resolvidas. No entanto, na fiscalização realizada hoje, nenhum dos problemas foi resolvido, nem os gestores entraram em contato com o CRM-PB.

Com a interdição ética, os médicos do hospital ficam impedidos de prestar seus serviços no hospital. Os pacientes que estiverem internados continuam a ter assistência médica, no entanto, não podem ser feitos novos atendimentos, nem internações. A interdição tem início a zero hora desta sexta-feira (17).

Sem posicionamento

O Portal Correio tentou contato com a prefeitura do município para se posicionar sobre o caso, mas as ligações não foram atendidas, assim como as mensagens, não respondidas.

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.