Moeda: Clima: Marés:
Início Legislativo

Deputados aprovam doação de terreno para implantação de Polo Fabril em João Pessoa

Terreno de 5,84 hectares está localizado em Mangabeira, zona sul da Capital. Mais de 30 empresas devem gerar cerca de 2 mil empregos no local
Polo Fabril seção
(Foto: Divulgação/ALPB)

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou nesta quarta-feira (9) um projeto de lei que autoriza a doação de um terreno que pertence ao Governo do Estado para a Companhia de Desenvolvimento da Paraíba (Cinep).

De acordo com o PL 638/2023, o objetivo específico desta doação é a implantação de um Polo Fabril. Segundo a gestão estadual, o empreendimento será capaz de gerar mais de dois mil empregos.

Conforme a bancada de situação na ALPB, mais de 30 empresas devem se instalar no local, investindo R$ 18,7 milhões na construção de galpões. A expectativa de faturamento inicial do empreendimento é de R$ 105 milhões.

O terreno está localizado no bairro de Mangabeira, em João Pessoa. Avaliado em R$ 14,5 milhões, a área total possui 5,84 hectares. 

Conforme apurado pelo repórter Bruno Lira, da Rádio 98 FM Correio, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) terá uma unidade no local para capacitar mão de obra.

Aprovado por unanimidade

O projeto foi aprovado após a bancada de oposição contestar o texto e pedir mais informações sobre quais seriam as empresas beneficiadas.

O líder da bancada de oposição, o deputado Wallber Virgolino (PL), explicou em entrevista para a Rádio 98 FM Correio que após ter acesso a mais detalhes, se posicionou favorável a aprovação do projeto.

“Faltou clareza por parte do Governo do Estado. Fomos procurados pela associação do polo têxtil, por vários empresários, eles explicaram a situação e agora queremos ‘amarrar’ o projeto: que o terreno seja doado e não vendido aos empresários e que seja dado um prazo para que esse polo têxtil aconteça”, disse.

As empresas terão um ano para se instalarem no local e se o terreno não for utilizado em um prazo de cinco anos, será devolvido ao Governo do Estado.

publicidade
© Copyright 2024. Portal Correio. Todos os direitos reservados.