Início Geral

Deputados lamentam acidente com avião da Chapecoense; sessão está mantida

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), manifestou nesta terça-feira (29) pesar pelo acidente aéreo na Colômbia que vitimou integrantes do time de futebol Chapecoense, de Santa Catarina, e da imprensa. Por meio de sua conta no Twitter, Maia disse que o país está consternado com a tragédia e manifestou solidariedade aos chapecoenses e familiares das vítimas.

Leia mais notícias de Política no Portal Correio

Os deputados catarinenses Pedro Uczai (PT) e João Rodrigues (PSD) lamentaram o ocorrido com os profissionais que viajavam para disputar a final da Copa Sulamericana.

João Rodrigues disse que em um dia a cidade de Chapecó vivia uma de suas maiores alegrias com o time que iria disputar a final de uma competição internacional e, no outro, vive a maior tragédia da história do esporte brasileiro. “Vivemos a maior tragédia da história do esporte brasileiro, com a equipe praticamente inteira perdendo a vida em um acidente. É um fato que marca na carne de todos nós”, disse.

O deputado Pedro Uczai (PT-SC) também falou sobre o choque que o acidente provocou aos moradores de Chapecó.“Esta madrugada nos traz um choque, nos paralisa diante de uma coisa que a gente não quer acreditar”, disse. E completou “É uma coisa inédita para um time de uma cidade de 201 mil habitantes conquistar essa vaga na final da Sulamericana, valendo-se apenas de muita transparência, competência e profissionalismo”.

Votações

Apesar do presidente Michel Temer ter decretado luto oficial de três dias, a Câmara manteve a pauta de votações para hoje (29). Um dos projetos que deve ser apreciado em plenário é o pacote de medidas de combate à corrupção.

No Senado, o acidente também repercutiu e provocou manifestações de pesar dos parlamentares, entre eles os senadores de Santa Catarina, e do presidente da casa, Renan Calheiros (PMDB-AL).

Presidente do STF também se solidariza

Ao abrir a sessão desta terça (29) do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), em Brasília, a presidente do colegiado e do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, manifestou solidariedade às famílias das vítimas do acidente com o avião que transportava a delegação da Chapecoense para a Colômbia, onde o time disputaria amanhã (30) o primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana, em Medellín.

“Não queria deixar de começar esta sessão, e espero estar atuando em consonância com os senhores conselheiros, de fazer uma menção de solidariedade à tragédia que se abateu nesta madrugada no avião que tomou um grupo grande de pessoas da Chapecoense e de todos os que ali estavam – jornalistas cumprindo seus deveres, comandantes, comissários. Acho que todos nós nos solidarizamos. Posso dizer em nome de todos os conselheiros que, exatamente como juízes, temos talvez uma sensibilidade refinadíssima quanto a dor humana, porque lidamos com ela o tempo todo”, disse a ministra Cármen Lúcia.

O acidente ocorreu no começo da madrugada desta terça-feira (horário de Brasília), quando o avião sobrevoava uma região montanhosa perto de Medellín e perdeu contato com a torre de controle do aeroporto da cidade. A aeronave, da companhia boliviana Lamia, teria colidido com uma montanha. 

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

 

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.