Moeda: Clima: Marés:
Início Notícias

Enquete: 77% já se automedicaram pelo menos uma vez

Um hábito comum entre os brasileiros é o de tomar medicamentos sem prescrição médica. E foi pensando nisto que o Portal Correio lançou a enquete perguntando se a população se automedica. E o resultado foi assustador. Das 903 pessoas que votaram, 693 (77%) afirmaram que sim. Por outro lado, 209 internautas (23%) negaram praticar o ato.

De acordo com a pesquisa ‘Automedicação no Brasil’, do Instituto de Ciência, Tecnologia e Qualidade (ICTQ), 78% dos paraibanos com mais de 16 anos admitiram que se automedicam. O dado sobre o uso indiscriminado de medicamentos é preocupante, porque a atitude pode trazer prejuízos à saúde, alterar a ação de outros fármacos e, em alguns casos, levar à morte. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (SES), entre 2011 e 2017, foram registrados 18 óbitos por esta causa na Paraíba.

“Recentemente, o Conselho Federal de Farmácia (CFF) junto com o Datafolha publicou uma pesquisa mostrando que mais de 70% da população se automedica, sem orientação. Um dos principais riscos é o de intoxicação, mas pode matar”, destacou a presidente do Conselho Regional de Farmácia (CRF) na Paraíba, Cila Estrela Gadelha.

Luciane Costa, gerente de Políticas de Medicamentos e Assistência Farmacêutica da Secretaria Municipal de Saúde de João Pessoa, alerta que as pessoas procurem o profissional de saúde, médico ou farmacêutico – e não balconista. “Existem medicamentos que fazem mal mesmo para aquela indicação que ele tem. Uma dipirona pode fazer mal se você é alérgico e não sabe. Além disso, a dose do medicamento e o tempo de uso também têm importância, como é o caso do antibiótico”, ressaltou.

Ela disse ainda que o uso inadequado de remédios pode acarretar muitos danos à saúde. “Por exemplo, antibióticos com doses erradas podem levar a resistência bacteriana ou o uso de muitos medicamentos que interagem entre si, podem agravar o quadro do paciente. Então, é muito importante procurar a orientação de um farmacêutico”.

Número é semelhante quando o assunto é Brasil

Uma pesquisa realizada pelo Conselho Federal de Farmácia (CFF), por meio do Instituto Datafolha, constatou que a automedicação é um hábito comum a 77% dos brasileiros que fizeram uso de medicamentos nos últimos seis meses. Quase metade (47%) se automedica pelo menos uma vez por mês, e um quarto (25%) o faz todo dia ou pelo menos uma vez por semana.

Inédita na história dos conselhos de Farmácia, a pesquisa investigou o comportamento dos brasileiros em relação à compra e ao uso de medicamentos, e servirá para subsidiar uma campanha nacional de conscientização, em comemoração ao dia 5 de maio, o Dia Nacional do Uso Racional de Medicamentos.

*Com informações de Lucilene Meireles, do jornal CORREIO

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.