aparelho auditivo
Profissionais da Davitta explicam a diferença (Foto: Divulgação)

Saiba a diferença entre aparelho auditivo e implante coclear

As tradicionais próteses auditivas funcionam bem para pessoas com níveis variados de perda de audição

243
COMPARTILHE

O aparelho auditivo funciona bem para pessoas com níveis variados de perda de audição, mas em casos de surdez profunda são recomendados os implantes cocleares. Para detalhar a diferença entre ambos, o Portal Correio conversou com o Eric Fonseca, diretor operacional da marca DaVitta, especializada em aparelhos auditivos, e com a fonoaudióloga Fernanda Tavares, que também atua na empresa.

As tradicionais próteses auditivas funcionam bem para pessoas com níveis variados de perda de audição, mas eles não podem restaurar o som para aquelas que têm surdez profunda. Já os implantes cocleares funcionam melhor em pessoas com danos auditivos mais severos, porque se desviam das partes danificadas do ouvido e enviam as informações sonoras diretamente ao nervo auditivo como sinais elétricos.

“A principal diferença é que o implante é recomendado nos casos em que a perda auditiva é tão profunda que o aparelho auditivo não consegue amplificar o som. Através de um procedimento cirúrgico, é implantado um pequeno feixe de eletrodos diretamente na cóclea para estimular o nervo auditivo. O aparelho auditivo é indicado para os casos em que o paciente ainda possua uma audição residual, mesmo que bem pouca”, explicou o diretor operacional da DaVitta.

A fonoaudióloga Fernanda Tavares informou que, nos casos de perdas auditivas de grau severo a profundo, o funcionamento da cóclea é tão deficiente que a amplificação sonora dos aparelhos auditivos não é capaz criar um estímulo auditivo eficaz e, por isso, o implante se faz necessário.

“O Implante coclear (IC) é indicado para substituir a função da cóclea deficiente, restabelecendo a audição nos casos de surdez de grau severo a profundo. O IC, atua como decodificador do som, que serão captados pelo nervo auditivo e compreendidos pelo cérebro”, explicou.

Aparelhos auditivos (próteses)

O aparelho auditivo é um pequeno dispositivo eletrônico que é usado dentro da orelha. Ele potencializa os sons ambientes, para que uma pessoa com perda auditiva possa ouvir como se estivessem em volume normal.

Como o procedimento cirúrgico não é necessário nesses casos, o profissional de fonoaudiologia, de posse do exame de audiometria do paciente, consegue identificar o modelo de aparelho que melhor se adéqua ao grau de perda auditiva do paciente.

“O paciente já sai usando o aparelho ajustado para ele. O diagnóstico e indicação de implante ou aparelho é feito pelo otorrinolaringologista”, informou Eric Fonseca.

Implante coclear

O implante coclear também é uma espécie de aparelho auditivo, porém ele conta com uma parte interna que é colocada no paciente por meio de uma cirurgia simples. Normalmente é indicado em casos de deficiências auditivas mais severas.

Davitta

De acordo com o diretor operacional, o paciente quando chega na DaVitta geralmente já tem passado pelo otorrinolaringologista e traz consigo qual o aparelho auditivo vai precisar. A marca auxilia durante todo o processo.

“Se é um caso de implante, o próprio médico faz a indicação ao nosso centro auditivo. O implante é todo feito no procedimento cirúrgico. Se for o caso da prótese auditiva, que também é chamada de aparelho amplificador sonoro individual, o paciente pode trazer o exame de audiometria e, caso não tiver em mãos, a DaVitta realiza o exame”, explicou.

Outro ponto que a empresa orienta é em relação aos recursos tecnológicos. “Quando os pacientes tem uma vida muito ativa, que trabalham, que são conectados, a gente indica aparelhos mais modernos, que possuem conectividade com diversos acessórios e smartphones que tenham dispositivos bluetooth. Para os casos mais simples, também temos aparelhos que, apesar de simples, dispõem de diversos recursos. Alguns têm comunicação entre dois aparelhos, por exemplo”, finalizou.

A marca DaVitta, especializada em aparelhos auditivos, inicia 2019 com novidades em João Pessoa. A partir de fevereiro, a Capital vai receber mais uma unidade, localizada no bairro da Torre, com amplo estacionamento e modernas instalações.

Oferecendo o que há de mais tecnológico para a saúde auditiva, a nova unidade da DaVitta traz atendimento com fonoaudióloga, exames especializados, aparelhos e acessórios auditivos, como o desumidificador, que retira a umidade do aparelho, garantindo a vida sua vida útil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas