Moeda: Clima: Marés:
Início Notícias

Enterro de condutor do Samu é marcado por comoção e clamor por justiça

Muita comoção, revolta e clamor por justiça marcaram o enterro do condutor do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Adílson Otaviano, de 40 anos, no cemitério do Cristo Redentor, em João Pessoa. O Instituto de Polícia Científica (IPC) confirmou ao Portal Correio que recebeu uma solicitação de perícia devido a suspeita de assassinato.

Familiares e também colegas de trabalho lamentaram bastante a morte precoce do ente querido, mas também clamaram por justiça, pois, apesar de ainda não existir a confirmação do motivo da morte do condutor, acreditam que ele foi assassinado.

“Era um cara muito prestativo, a toda e qualquer hora que a gente precisasse e chamasse, ele estava pronto para atender à população”, disse Leonardo, coordenador de transportes do Samu.

“Foi sim um assassinato e a família quer que seja investigado, para não virar mais um caso esquecido na Paraíba. A família quer que seja feita justiça e que os culpados sejam presos”, lamentou o tenente Inaldo, cunhado da vítima.

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.