Início Notícias

Exames comprovam que menino de sete anos era torturado

Exames feitos pelas equipes de perícia do Núcleo de Medicina Legal em Campina Grande (Numol) comprovaram que um menino de sete anos era espancado e torturado, em Boqueirão (PB). O fato passou a ser investigado pela polícia desde o dia 10 de julho, quando funcionários da escola onde ele estuda o perceberam magro e com ferimentos.

Leia também:

Conforme o Numol, nesta terça-feira (16), à TV Correio, a criança tem ferimentos recentes e outros já cicatrizados, evidenciando que as agressões ocorriam há um longo período de tempo.

O menino segue internado no Hospital de Trauma de Campina Grande, onde aguarda que alguns ferimentos cicatrizem para que possa ser submetido a uma cirurgia prevista para sexta-feira (19).

A suspeita de cometer as agressões é a mãe do garoto, que chegou a ser presa junto com o companheiro, que seria cúmplice, mas os dois foram liberados após depoimentos porque não havia mais flagrante.

A Polícia Civil segue investigando para descobrir provas de que a criança era agredida pelo casal.

Comentários

  • Rosemary carvalho disse:

    absurdo fico triste de ver justiça façam alguma coisa enquanto é tempo. daqui uns dias esses vermes fogem

  • Ana disse:

    Meus Deus
    JUSTICA DE MERDA!!!!!!!
    Não fazem Nada….Por Isso se eu tiver que fazer justiça vai ser com as mãos foda se

  • Erika disse:

    Lixos como esse nunca deveria ter a dádiva de ser mãe. Que Deus proteja esse anjinho é eu creio que alguém da família vai dar amor que ele merece.

  • Beatriz da Silva disse:

    Tem que fazer a justiça antes , não quanto esse menino morrer ,quer dizer ,de quem era tinha que ser amado e preterido ,ele é espancado, lamentável ,Deus quarde esse anjo ,

  • Lea fonsecapadilha disse:

    Deus me ajude que eu nunca veja pessoalmente um caso desse ver um verme desse ser chamado de mãe e um demônio fazer barbaridade contra um inocente

  • Rosa Salviano disse:

    E esta criança voltará algum dia á morar com esses pais?

  • Elisa oliver disse:

    Uma criança de 7 anos onde deveria ter amor e cuidado dos pais sofre com agressões física e psicológicas a mãe é solta por falta de flagrante para continuar torturando os outros filhos o menino é devolvido para família daqui há algum tempo e infelizmente a noticia pode ser mas uma de morte , existe realmente direitos humanos nesse país pois só a pois a morte de uma criança é que vemos a justiça querer agir mas ai adianta o quê

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.