Moeda: Clima: Marés:
Início Cultura

Exposição em Campina Grande retrata cotidiano dos povos indígenas Potiguaras

Trabalho que mescla fotografias e poemas enaltece os valores e a cultura da tribo indígena
Exposição
Exposição está em cartaz no MAPP, em Campina Grande (Foto: Divulgação/UEPB)

A exposição fotográfica “Potiguara: Cenas e Poemas” foi aberta nesta terça-feira (17) no Museu de Arte Popular da Paraíba (MAPP), em Campina Grande. O evento faz parte da programação do museu e da 20ª edição da Semana dos Museus e pode ser vista pelo público durante todo este mês de maio. 

O trabalho da jornalista e fotógrafa da Coordenadoria de Comunicação da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) Paizinha Lemos, e da professora do Departamento de Educação, Normana Natália Passos,mostra cerca de 30 fotos e 14 poemas que retratam o universo indígena Potiguara, a exemplo de sua lida cotidiana e vivências atuais, como as atividades de caça e pesca.

Paizinha Lemos revelou que a exposição nasceu de sua proximidade e admiração com os Potiguaras, e pela relação com a cidade de Baía da Traição. “Esta ideia surgiu em 1991 quando eu conheci a Baía da Traição, e fiquei encantada com eles. Os indígenas são nossos amigos, e aprofundei essa amizade depois que eu conheci o pajé Antônio, que é uma pessoa muito boa, um educador nato, e poeta”, disse.

No trabalho, Paizinha tirou mais de 400 fotos, mas escolheu cerca de 30 para expor, enaltecendo os valores e cultura indígena do povo potiguara. A maior parte das fotos foi tirada no Dia do Índio em 2019, “Isso para eles é fantástico. Ficamos felizes em poder proporcionar esse momento a este povo que sofre tanto. Os nossos indígenas realmente são os donos daquela terra, mas não tem o valor devido”, observou.

Palavras Chave

Campina GrandeCultura

Comentários

Huberman disse:

A matéria nao fala se o evento é pago ou nao

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.