Início Notícias

Falta de pagamento da fatura do cartão de crédito pode gerar penalidades

A Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP) alerta ao consumidor que as faturas não pagas do cartão de crédito terão incidência de juros e multas durante o isolamento social, decorrente do estado de calamidade pública, decretado devido à pandemia do novo coronavírus

Leia também:

O Procon-JP orienta que, quem tiver como pagar, seja através de aplicativos ou em alguma instituição financeira, que o faça para evitar o acúmulo da dívida. 

Maristela Viana, secretária do Procon-JP, explica que muitos consumidores têm esse tipo de  dúvida. “O isolamento social não isenta as pessoas de pagarem suas contas mensais. É importante esclarecer que a inadimplência oriunda do cartão de crédito pode gerar uma dívida que pode aumentar a cada dia. Quem puder fazer o pagamento mensal deve cumprir essa obrigação, procurando meios alternativos para isso, seja através de aplicativos ou mesmo presencialmente em agência e correspondentes bancários”. 

Alguns bancos abriram programas próprios para administrar essas dívidas durante esse período de pandemia, a exemplo do Banco do Brasil, Caixa Econômica, Bradesco, Itaú e Santander, que anunciaram que prorrogarão do pagamento de dívidas adquiridas durante o isolamento social por 60 dias, “mas não as dívidas contraídas anterior ao decreto de estado de calamidade e o consumidor precisa está com o pagamento em dia para aproveitar esse benefício”, esclarece Maristela Viana. 

Aliviar a situação 

A secretária avisa que cada cliente deve entrar em contato com o banco e saber o que pode ser feito para ‘aliviar’ a situação. “Em quaisquer circunstâncias de inadimplência, o consumidor deve entrar em contato com o banco e procurar saber o que pode ser feito em seu caso específico. Mas reafirmo que, se você tem condições de pagar, faça-o, até porque as dívidas não vão desaparecer. Elas estarão todas lá quando a pandemia passar”.

Direitos resguardados 

Maristela Viana salienta que os direitos do consumidor também estão resguardados durante a pandemia. “Os bancos não podem extrapolar limites como o de decidir o que o consumidor quer fazer nesse momento de isolamento. Não podem dividir faturas sem a anuência do cliente, não podem cobrar juros e multas exorbitantes e não podem deixar de atender as pessoas, disponibilizando canais de atendimento para dúvidas, orientações e acordos”.

 Dicas para fugir das dívidas no cartão

  • Procurar alternativas para pagar a fatura, se tiver condições de quitar o total do mês; 
  • Se tiver condições de pagar mais que o mínimo, entre em acordo para dividir a dívida em poucas parcelas porque os juros são mais baixos; 
  • Se só puder pagar o mínimo, lembre-se que o valor que ficou vai entrar na próxima fatura, com acréscimo de juros; 
  • Evite gastar o limite do crédito até que tudo se reorganize. Termine de pagar o que já tem e não faça novas dívidas para não entrar numa bola de neve; 
  • Fazer empréstimo só em último caso e, antes, verifique se as tarifas são menores que a dos juros de parcelamento ou do pagamento mínimo; 
  • Economize onde puder, procurando no seu orçamento qual o gasto que pode ser excluído, mantendo apenas os estritamente necessários;
  • Cancelar o cartão é uma opção, mas só em último caso já que, neste momento, você pode vir a precisar dele.

Comentários

  • Michele disse:

    O que faço, tinha negociado com o banco itau ,tinha feito um acordo mais com essa pandemia meu salário reduzido pela metade , e não consegui mais pagar a fatura , pelo que eu devia já foi pago , o que resta é o juros !!
    Pra renegociar vai virar um juro danado novamente !!
    Alguém sabe me dizer !!

  • Montero corta essa disse:

    voce ganha ficando no spc , livre de cartoes e livre de dividas . e livre de contas . depois voqce paga com 70% de desconta quando vim a proposal..

  • PRISCILA disse:

    Eu devo vários cartão não estou ganhando o que ganhava porque o shopping está fechado . Então eu negociei uns 5 cartão que me deram condição que dar para pagar agora o mais alto e o Itaú eles não estão dando opção de negociar o juros estão abusivos e não sei como.fazer a minha dívida total é 8.900 mil .. Eu queria uma condição melhor para negociar..porque agora não tem cabimento eu negociar e pagar 17 mil é pouco com o juros .. pagaria duas vezes não tem como … aguardo se poder me ajudar .

  • Claudia de Macedo disse:

    Os bancos só estão prorrogando o que é benéfico pra eles, fui negociar com banco Itaú e a prestação prorrogada ficou um absurdo a mais do que era sem contar que tá quase vencendo e eu não tenho como pagar estou sem trabalhar a dois meses sem perspectivas to devendo até o último fio de cabelo não tenho como pagar nem negociar uma dívida menor para maior sem futuro, algumas pessoas vão nas redes sociais e falam que tem que ajudar o próximo…mentira tem jente correndo do seu bom dia com medo de vc pedir ajuda…enfim não posso fazer nada quanto as contas não tenho como pagar nada nem agora nem sei quando…Deus tenha misericórdia de nos

    • Amigo disse:

      Se não se importar em ficar sem crédito, simplesmente não pague mais, apesar das ameaças de processos e etc, eles não podem te executar pois é um empréstimo sem garantias. Pode se concentrar em pagar somente um cartão, se precisas dele, os outros de pois de 5 anos caducam …mas atenção, eles te cobrarão insistentemente ..porem nada poderão fazer além disso

  • Verdade verdadeira disse:

    Verdade

  • Ronaldo disse:

    Falar pra pagar é fácil, quero ver vc parado sem retorno pagar banco que rouba o consumidor na Vista com altos juros e esse tal de Procon e justiça não faz nada para defender o consumidor, depois vem falar pra tá em dias com pagamento atrasado de cartão.pai nosso que está no céu perdoa as nossas dívida assim como nós perdoamos os nossos devedores

  • Ronaldo disse:

    Falar pra pagar é fácil, quero ver vc parado sem retorno pagar banco que rouba o consumidor na Vista com altos juros e esse tal de Procon e justiça não faz nada para defender o consumidor, depois vem falar pra tá em dias com pagamento atrasado de cartão.

  • Carlos Antônio Caires disse:

    Eu pago um seguro de proteção contra roubos e casos de desemprego. Procurei a segurado e me disseram que o meu seguras estaria suspenso desde 2017, mais ainda vem na minha fatura. O que devo fazer?

  • Reni disse:

    Meu Deus do céu fiquei devendo um saldo no cartão de 4.576.00 o banco parcelou automaticamente em 18 x 567.06 totalizando 10.207.00 pense no juros de 5.631.00, sendo 312.00 de juros ao mês, e não tem conversa com o banco dizem que e do bco central as orientações.simples assim não vou pagar, vou esperar pra eles me cobrarem e vou pagar o justo pode até cobrar juros mais juros DIGNOS, não metendo a mão no bolso de trabalhador e aposentados.

  • Maria Paula disse:

    Estou muito triste …desempregada cheia de dúvidas estou morando de favor , não consegui o auxílio não sei o motivo , não tenho mais pra quem apelar , devo a banco. Cartões de crédito etc …Deus sabe de todas as coisas , isolamento social sem trabalhar e sem ganhar dinheiro é muito comprovado …

    • Cobra do João Doria e da rede Esgoto ou globo, que mandou todos cidadãos Paulista fica em casa,,, só Jesus Cristo p ter misericórdia de nós abençoada disse:

      Vamos todos cobrar do Governador de São Paulo, João Doria e da rede Esgoto que mandou ficar em casa, e agora as dívidas chegou o que fazer sujar o nome e depois negociar e como sempre se matar p pagar. Doria em São Paulo não ganha nunca mais

  • Enel disse:

    E fácil querer obrigar as pessoas a pagarem sem ter como, comércio parado, empregos reduzidos salários e extorquem as pessoas com juros exorbitante, entre pagar cartão e comprar alimentos e claro que optarem por comer, pq cartão depois se negoceia, estamos vivendo um momento crítico e essas operadores sangue suga se aproveitam de nós informais.

  • Gilson Rangel disse:

    É lamentável, no meio de uma das mais terrível crise, o juros dos cartões tão alto.

  • Francisco Barbosa disse:

    Tbm penso assim todos com problema financeiro e estás instituição cobrando juros abusivo,sendo que o Brasil e o mundo tá nessa situação de pandemia e toda e a situação financeira de todos afetado, se eles querem tanto receber porque eles não baixa o os juros e tbm de desconto para seus clientes seria mais bons para ambas as partes.

  • Paulo eliano Pinheiro Saldanha disse:

    Persis de crédito

  • Carlos Alberto de Matos Gonçalves disse:

    Não consigo parcelar cartão do Bradesco.
    Querem que eu pague o total, não tenho como pagar,Só parcelado.

  • SCHEILA REJANE ALVES CERQUEIRA disse:

    Bom dia muito fácil falar sem ter condições de pagar acho engraçado isso tenho conta banco do Brasil sem pre paguei minhas contas agora não pude pagar sem receber ou me alimento ou pago cartão não me deixa escolha falar é bfacil colocar em prática não tem como até mesmo a pensão de meu filho que é creditada banco do Brasil ele estão levando tudo sem direito de nada como posso comer pelo amor de Deus .

  • Ailton de Oliveira Rodrigues disse:

    O banco Carrefour não baixou juros está cobrando 12,90 para parcelamento de fatura e 14,90 em caso de atrás isso é normal isto são taxas impostas pelo o Carrefour isto não é contra lei

  • Cleonice disse:

    Gostei da dicas tenho vários cartão estou com dívidas o meu gasto hoje pelo limite dos cartões seria um valor 1.200 total por causa dos juros está muito alto ñ por querer pagar foi por motivo de doença ñ pude confiar o dinheiro a terceiro para pagar porque me enrolaram com o Itaú e os boletos as vezes ñ consigo imprimir o que eu faço líquido um de cada vez ou parcela todos que dê parcelas que cabem no meu bolso me dê uma opção

  • Antônio Ivo Francisco dos Santos disse:

    Estou desempregado e morando com minha filha e genro porque não tenho como pagar aluguel ,por isso não consigo pagar minhas dividas ainda

  • Elisabete Ayres Moreira de Souza disse:

    Tenho cartão do magazine Luiza
    Fui pagar 05 dias após o vencimento não aceitaram o próprio banco fez o parcelamento por conta própria
    Liguei e disseram que todo cartão e feito assim devido uma lei existente que após o vencimento todo banco pode fazer este parcelamento por conta o problema e que eles parcelam em quantas vezes quiser e sem a autorização da gente como proceder neste caso…..
    Por favor me ajudem

  • José Jorge dos Santos disse:

    Tô devendo ao banco Itaú 2.700,84 no cartão de crédito tentei fazer negociação com a instituição e não conseguir por causa dos juros muito altos. Total da fatura 2.700,84 entrada 405,84 + 12 de 305,00 não tenho condições de pagar não só tenho condições de pagar 15xde 200,00 reais. Mim orientem por favor sobre como entrar em acordo já que não tô conseguindo entrar em acordo com banco

  • Marileide fatima feltes disse:

    Devo no cartao do mes de abril a fatura venceu dia 25 mas tenho a do mrs de maio nao venceu ainda colocaram juntad ai dava 1055 agora est. Em1144.70 juros fe 57.52 poxe iss

  • Leôncio Bento Alves neto disse:

    Foi bem excrarecedor

    • Jose nival disse:

      Nao tenho nada contra sobre cartao de credito, vejo que nao exigem garantias.. so precisava ter Uma taxa de juros mais huma…. mais justa..

  • Maria de Fátima Lopes Gomes disse:

    Eu quero pagar minhas dúvidas mas fiz vários empréstimo e não sei como pagar.

  • Marco disse:

    Se eu não ganho pois sou autônomo como vou pagar mile falar pra pagar ne

  • Maria natividade Silva Raposo disse:

    A Claro Net lançou meu nome no SPC precitadamente com fatura já paga. Ainda não limparam meu nome. O que devo fazer? Não há canal de atendimento.

  • Silvia disse:

    Fica difícil manter o pagamento em dia sendo que os trabalhadores autônomo ou parou ou foram reduzidos o trabalho e esse auxílio emergencial não contribuiu porque no meu caso até agora não chegou e ainda para ajudar não estão enviando mais o código ,o correto é os bancos serem generosos e tirar os juros

  • Francisco Demontie Conrado disse:

    No Itaú minha fatura venceu dia 03.05 um domingo e no dia 04.parcelaram minha fatura sem minha autorizacao,e dividiram em 12 parcelas sem minha autorizacao,como estava ruim de sacar paguei nos dias 06 e 07 ,o total aí me devolveram a parte que já estava parcelada .Fiquei com um prejuízo de 530,00 reais

  • Jailson.candido da Silva disse:

    este.nao.e o.momento.de pagar nadar o Brasil foi descoberto.ja devendo e até agora não pagou.porque eu tenho que pagar nessa crise vocês não tem vergonha de está publicando esta matéria vá intimida os banquesros que devem.bilhoes ao sistema.finaceiro do Brasil e não pagão porque eu deveria pagar

  • Mackson Ribeiro e Silva disse:

    Sou um Mei “Paisagista” estou sem trabalhar a dias, único dinheiro que está entrando é o do auxílio emergencial, o que devo fazer.

  • Luis Oliveira disse:

    Pois e não consigo retirar a fatura do cartão pois ñ consigo, só me da o código de barras , vou com o código na lotérica e não aceitam, vcs podem me ajudar

  • Jurema Baptista disse:

    O certo seria o cliente não pagar juros nos atrasos, pois a pessoa tem que ” ficar em casa ” e nem todos sabem pagar por aplicativo.” Os boletos que chegavam pelo correio, chegam atrasados ou nem chegam.

  • VERA LUCIA DE ALMEIDA CARVALHO disse:

    Tentei várias vezes pedir a fatura do meu cartão itaucard marisa e não consigo,nem pelo aplicativo, nem por telefone.

  • EDISON DEO DOS SANTOS disse:

    Fácil pra ela que tem seu pagamento mensalmente no banco ,se coloca no lugar de muito que tem que escolher se paga ou come ou paga o aluguel fazer leis contra o povo é a coisa mais fácil.

  • Veronica disse:

    Ótimas dicas. Parabens

  • Leonardo disse:

    Boa noite!! Minha esposa não está recebendo e a dívida ficou toda para eu pagar, como faço para quitar a dívida do cartão de crédito, já que o banco não alivia os juros, sempre arrebentando o cliente, nem nessa pandemia eles não alivia os clientes. Querem mais é afundar os clientes em dividas.

  • Ari disse:

    Deixa rolar. Spc vc entra hj e sai no feirão do Serasa. Dívida de 30 mil cai pra 500 reais. Tô nem ai.

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.