Moeda: Clima: Marés:
Início Pandemia

Funcionamento de academias vira dúvida em decreto e CREF10 ameaça medidas judiciais

Novo decreto estadual não especifica sobre funcionamento de academias, mas procurador-geral diz que elas devem ser fechadas
Academias
Foto: Imagem ilustrativa/Divulgação

A falta de clareza sobre o funcionamento de academias durante a vigência do novo decreto emitido pelo Governo da Paraíba, nesta quarta-feira (2), gerou reação do Conselho Regional de Educação Física da Paraíba (CREF10).

O Conselho disse que há “contradições encontradas” no documento e informou que está solicitando, através de ofício, o posicionamento da Procuradoria-Geral do Estado. “Vamos tomar as medidas cabíveis, inclusive judiciais, caso seja necessário”, disse o CREF10.

Apesar de não constar informações claras sobre o funcionamento das academias no novo decreto estadual, o procurador-geral da Paraíba, Fábio Andrade, disse ao Correio Deebate, da Rede Correio Sat, que esses espaços serão fechados durante todo o período de vigência das restrições.

Ouça abaixo:

O novo decreto publicado pelo Governo da Paraíba nesta quarta-feira (2) aumentou as restrições de mobilidade e execução de atividades econômicas até 18 de junho.

As medidas ocorrem em razão do aumento das taxas de transmissibilidade do novo coronavírus e do alto índice de ocupação de leitos hospitalares por infectados.

Entre as novas regras, está a suspensão do atendimento presencial em bares, restaurantes e similares nos fins de semana. O decreto também recomenda aos Municípios o fechamento de praias, parques e praças.

O funcionamento de cinemas, academias e a realização de eventos sociais voltam a ser proibidos. 

Comentários

Pedro Silva disse:

Faço academia e não gostaria de parar, mas tem hora que ao trocar de máquina ela está soada. Alguns alunos são relaxados não estao nem aí para higienizar a nova máquina e as Academias nao fazem o teste de entrada.Pode fiscalizar que vai constatar isso.Infelizmente tem que fechar

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.