Moeda: Clima: Marés:
Início Justiça

Funjope vai acionar a justiça contra o cantor Netinho, após artista abandonar trio durante Folia de Rua

Em nota, a fundação disse que o cantor baiano descumpriu o contrato e questões de produções e horários são de responsabilidade dos blocos
Foto: Reprodução

A Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope) afirmou, na manhã deste domingo (4) que vai tomar “medidas judiciais” contra o cantor Netinho. O artista abandonou o trio elétrico em plena avenida, alegando atrasos de outros blocos.

Em nota, a fundação disse que o cantor baiano descumpriu o contrato e questões de produções e horários são de responsabilidade dos blocos.

Veja nota completa:

A Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope) lamenta o ocorrido na noite deste sábado (3), durante a programação na Via Folia. Em razão de um atraso na saída de um dos blocos, o cantor Netinho desistiu de descer a avenida e não cumpriu o contrato com a Prefeitura de João Pessoa. O artista prejudicou parte da festa e desrespeitou o seu público. O papel da Funjope é a contratação. Questões de produção e horário são de responsabilidade dos blocos, o que fica claro em acordo firmado entre as duas partes. Cabe à Funjope o acolhimento da sugestão do bloco para o seu artista e o pagamento do cachê. Reafirmamos ainda que este fato isolado do cantor Netinho, para o qual tomaremos medidas jurídicas necessárias, não comprometeu em nada o brilho do nosso Carnaval.

publicidade
© Copyright 2024. Portal Correio. Todos os direitos reservados.