Geração Z e o impacto da tecnologia no mercado de trabalho

Jovens cresceram em um mundo tecnológico desenvolvido e desafiam as relações trabalhistas, a adaptação e a gestão de talentos

O atual cenário do mercado de trabalho está inserido em um contexto de avanços tecnológicos e de constantes mudanças. Os conhecimentos ficam ultrapassados rapidamente e o mercado vê continuamente a necessidade de ter profissionais alinhados com essas inovações. Diante disso, o grande papel das instituições de ensino é conseguir acompanhar esses avanços e oferecer, além do conhecimento técnico aos seus estudantes, habilidades capazes de acompanhar a velocidade de evolução da tecnologia.

A geração Z (jovens nascidos entre 1995 e 2010) cresceu em meio a uma sociedade inserida em um contexto de intenso uso de tecnologias. E quando os indivíduos dessa geração entram em espaços corporativos, desafiam as empresas a adaptarem seu ambiente de trabalho a esse novo perfil. Suas necessidades e desejos são bem diferentes da geração anterior, pois são motivados pelo desafio e querem alcançar o sucesso mais rápido.

Segundo a Profa. Dra. Mariana de Brito Barbosa, Reitora do Unipê, o Brasil possui atualmente cerca de 30 milhões de jovens dessa geração, que influenciam o futuro dos negócios e das relações trabalhistas. “As experiências desses jovens estão atreladas à tecnologia, pois quem nasceu a partir dos anos 2000, por exemplo, não precisou se acostumar a esses avanços, afinal, cresceu diante deles, com o uso de aplicativos, da comunicação por vídeo, com a conectividade mundial, o domínio de plataformas, entre outras. O mercado de trabalho está considerando esses comportamentos, que podem dispor de muitas vantagens, como: otimização de processos, simplificação de tarefas, além, é claro, da alta compreensão de ferramentas tecnológicas”, elenca.

Para Mariana, a Geração Z entra no ambiente acadêmico direcionando a carreira conforme as experiências de vida. Dessa forma, o desafio não apenas é corporativo, mas acadêmico: eles buscam um ambiente interativo, adaptativo e com habilidades que vão além da grade curricular, e a EAD está inserida nessas qualificações.

Pensando em formar profissionais ainda mais preparados para um mercado de trabalho cada vez mais exigente e competitivo, o Unipê Campina Grande possui o programa Trilhas Customizáveis de Aprendizagem. A iniciativa proporciona uma jornada completa e flexível, onde o estudante de graduação pode escolher Trilhas adicionais para ajudá-lo a desenvolver as expertises necessárias para construir a sua carreira. Os conteúdos disponíveis no programa abordam as competências desejáveis para a formação do perfil profissional do século XXI.

“Assim como existia uma certa resistência em relação ao trabalho remoto, também ocorriam preconceitos em relação a EAD. A pandemia desmitificou as dúvidas sobre a eficiência do trabalho remoto e, no que diz respeito à nossa EAD, confirmou aquilo já dizíamos há muito tempo. Com as tecnologias inovadoras que empregamos em nossas instituições, elas viabilizam uma educação de qualidade e dialogam diretamente com a realidade desta geração habituada as telas e a interatividade digital”, explica a reitora.

Mariana ainda destaca que a educação a distância é um novo mundo. “Ela veio para ficar e preparar esses profissionais para serem ainda mais protagonistas, adaptáveis, comunicativos, incansáveis e com pensamentos críticos para o mercado”, finaliza.

Para saber mais sobre os mais de 130 cursos de graduação, além de opções na pós-graduação em diversas áreas do conhecimento do Unipê Campina Grande, acesse aqui.

Serviço: Unipê Campina Grande

Cursos ofertados e modalidades: Graduação EAD, EAD 4.0 e 4.0i, Pós-graduação EAD

Inscrições: abertas

Formas de Ingresso: Prova On-line, Prova Agendada e Ingresso Via Enem

Mais informações: http://cloud.email.cruzeirodosul.edu.br/campus-campina-grande

Telefone: 0800 721 5844

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.