Moeda: Clima: Marés:
Início Geral

Governo contra-ataca e mostra números do Empreender Paraíba

Após a decisão do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB) de suspender a concessão de empréstimos pelo Empreender Paraíba, o governo do Estado resolveu detalhar os números do programa. Este ano, a maior liberação de créditos foi para as propostas no setor do comércio. Ao todo, foram 553 liberações. A segunda maior concentração foi para o setor de serviços, sendo 346 beneficiados. Para os projetos no setor industrial, foram concedidos 243 benefícios. Já na Agricultura e Pesca, foram 52 propostas.

De acordo com a secretária Amanda Araújo, a suspensão do Empreender não prejudica o governo, e sim os paraibanos que dependem da iniciativa. Segundo ela, 600 pessoas estavam com empréstimos aprovados e em vias de aprovação e até o mês de dezembro receberiam os valores.

Amanda explicou também que, como qualquer iniciativa do poder público, todos os benefícios do Empreender Paraíba também têm a prestação de contas encaminhadas regularmente ao Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB). “Anualmente, as contas do programa são submetidas ao TCE e até o momento, foram todas aprovadas”, lembrou.

O programa conta com 14 linhas de créditos, sendo Artesanato, Cultural, Juventudes, Motociclista Profissional, Mulher, Profissional Liberal, Cooperativas, Prefeituras e Inovação Tecnológica. O objetivo é priorizar a concessão de créditos para estimular a geração de emprego e renda na Paraíba, fortalecer a economia solidária, o microemprendedorismo individual, microempresário, empresário de pequeno porte, cooperativas de produção e Prefeituras paraibanas que pretendem viabilizar projetos para expandir o desenvolvimento econômico local.

 

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.