Início Notícias

Indústria de descartáveis é autuada por furto de energia em João Pessoa

Empreendimento teria desviado um estimado de mais de 112.634 KWh, o suficiente para atender 850 residências por um mês
Total desviado atenderia 850 residências por um mês (Foto: Imagem ilustrativa/Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Uma indústria de descartáveis foi autuada por suspeita de furto de energia, na tarde dessa quinta-feira (4). A unidade, situada no distrito industrial de João Pessoa, teria desviado um estimado de mais de 112.634 KWh, o suficiente para atender 850 residências por um mês.

Leia também: Aprovada MP sobre redução de tarifas de energia e exploração privada de usina

A operação foi deflagrada pela Polícia Civil, juntamente com o Instituto de Polícia Cientifica – IPC e a Energisa, concessionária de energia elétrica.

O furto de energia é um crime previsto nos artigos 155 e 171 do Código Penal, prevendo-se uma pena de até quatro anos de reclusão e multa. A prática impacta para os demais consumidores que estão regulares, afirma o gerente do departamento de combate a perdas da Energisa, Felipe Costa. “Os gatos de energia comprometem a segurança da população e colocam vidas em risco. Ainda prejudicam a qualidade do serviço prestado pela concessionária aos clientes”, diz o gerente.

Além do processo criminal, o cliente autuado deverá pagar por toda a energia não medida durante o período da irregularidade, conforme a resolução 414/2010 da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica).

Os furtos oneram a população e prejudicam o fornecimento, a arrecadação de impostos e a receita da empresa, comprometendo os investimentos na melhoria dos serviços. Para denunciar, o cliente pode utilizar um dos canais de atendimentos digitais da Energisa: WhatsApp – (83) 99135-5540; aplicativo Energisa On; site (www.energisa.com.br); ou Call Center (0800 083 0196).

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.