Início Notícias

Governador nomeia diretorias de hospitais da Paraíba

Através de atos publicados na edição desta sexta-feira (27) do Diário Oficial do Estado, o governador da Paraíba, João Azevêdo (sem partido), nomeou novos integrantes das diretorias do Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, e do Hospital de Mamanguape, no Litoral Norte, que deixarão de ficar sob gestão de organizações sociais.

Leia também:

Para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, foram nomeados os seguintes profissionais:

Leonardo de Lima Leite – Diretor geral; Emerson Oliveira Medeiros – Diretor técnico; Ana Helena Rodrigues Oliveira – Diretora administrativa; Heisenberg Batista Medeiros de Almeida – Chefe do Núcleo Medico; Rafaela Dias de Araújo Carvalho – Chefe do Núcleo de Ações Estratégicas Especiais; Laecio Bragante de Araújo – Chefe da Unidade de Tratamento Intensivo; e Glauber Melo Novais Miranda – Chefe da Unidade de Clínica Médica.

Já para o Hospital de Mamanguape, os nomeados são:

Daniel José Gonçalves – Diretor geral; Adriano Rodrigues Silva – Chefe do Núcleo Médico; José Wallace Monteiro Ramalho – Chefe do Núcleo Administrativo; e Geraldo Marinho Vaz Ribeiro – Chefe do Núcleo Financeiro.

João Azevêdo anunciou, em coletiva de imprensa na última segunda-feira (23), que irá encerrar contratos com todas as organizações sociais responsáveis pela gestão de hospitais e unidades de saúde do estado. Ele informou que encaminhou para a Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) o projeto de criação da Fundação PB Saúde, que assumirá a administração e operação das unidades.

A Secretaria da Saúde assumirá provisoriamente a gestão das unidades de saúde até o período de transição para a PB Saúde. A previsão é de que a fundação comece a operar em abril.

Comentários

  • Eugenio disse:

    Foi uma paulada na quadrilha
    da CORRUPÇAO girassol. Acabou-se o “pezinho” de meia pós governo.

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.