Eleições

Articulação

#SouRepórterCorreio

TV Correio

Estádio Amigão, em Campina Grande (Foto: Reprodução/Correio da Paraíba)

Jogos de Treze e Campinense sofrem alteração nos horários

Pedido foi feito pelo Ministério Público da Paraíba e a decisão foi acatada pela Confederação Brasileira de Futebol

123
COMPARTILHE

Datas definidas, que venham as quartas de final. Se os torcedores dos times de Campinense e Treze se animaram para ir comemorar a possível vitória dos Maiorais no Parque do Povo, os planos foram por água abaixo. Os jogos de Galo e Raposa, que estavam marcados para os sábados 16 e 23 respectivamente, foram adiados para as segundas-feiras posteriores (18 e 25). O pedido foi feito pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) e a decisão foi acatada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e saiu na manhã dessa terça-feira (12).

Com a alteração, a expectativa é de que haja uma pequena diminuição do público torcedor que era esperado para ambos os jogos dentro de casa. O Jogo do Treze acontecerá no Estádio Presidente Vargas, às 20h. Já a partida de decisão do Campinense será uma semana depois, no Estádio Amigão, às 21h15.

Para o Campinense, a situação complicou. Tendo em vista que o jogo em casa será de decisão e que a participação em massa da torcida se faz essencial, a preferência da diretoria era de que a partida acontecesse no domingo (24), às 11h da manhã. Para o Alvinegro, acredita-se que o público estimado diminua pouco, já que a partida acontecerá um pouco mais cedo do que a partida do rubro-negro.

Para o Galo da Borborema, a complicação está na logistíca para o jogo de volta, que acontecerá com menos de uma semana de distância da primeira partida.

“Em questão de logística, o primeiro jogo fica muito em cima do segundo jogo, mas sabemos que temos um grande elenco e no que for possível para fazer ma logística para a gente chegar bem, a diretoria vai fazer. a gente tem que pensar no jogo de segunda, fazer o dever de casa para ir com a vantagem fora”, afirmou Nilson, zagueiro do Treze.

*Por Lídice Pegado, do Jornal Correio da Paraíba.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas