Início Política

Juiz acata ação de improbidade contra prefeita de Bayeux e assessora

O juiz da 4ª Vara Mista de Bayeux, Francisco Antunes Batista, acatou Ação Civil Pública Por Ato de Improbidade Administrativa, proposta pelo Ministério Público da Paraíba contra a prefeita reeleita Luciene Gomes (PDT) e a assessora Maria de Lourdes Simeão da Silva, que teve o sigilo bancário quebrado por determinação do magistrado. A informação foi apurada pelo blog da jornalista Sony Lacerda, da Rede Correio Sat.

Leia também:

A denúncia, de suposta prática de ‘rachadinha’ e de que a assessora seria funcionária fantasma da Câmara Municipal de Bayeux, foi apresentada pelo vereador Roberto Silva (Betinho da RS) ao MPPB.

“Concedo a tutela de urgência para determinar a quebra do sigilo bancário da conta corrente indicada na inicial, de titularidade da Sra. Maria de Lourdes Simeão da Silva, a partir de 01/08/2019 até a presente data”, diz o juiz na decisão. Francisco Antunes Batista solicita envio de ofício ao Banco do Brasil, requisitando cópias de todas as transferências realizadas de 01/08/2019 a 14/12/2020 na conta de Maria de Lourdes.

O Portal Correio tentou entrar em contato com a prefeita Luciene de Fofinho, através de sua assessoria de comunicação, mas as ligações não foram atendidas até a publicação desta matéria. Caso ainda procure fornecer declarações sobre o processo, a gestora pode encaminhar alegações para o e-mail [email protected], tendo garantido o espaço para a inclusão de seus argumentos.

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.