Início Policial

Justiça decide que suspeito de causar acidente que matou motociclista na Torre ficará em prisão domiciliar

Motorista foi indiciado por homicídio com dolo eventual, quando o suspeito assume o risco de que o crime ocorra
Isaac Filho (Foto: Arquivo pessoal)

O motorista que teria causado o acidente que vitimou Isaac Filho, de 22 anos, nessa terça-feira (8), foi indiciado por homicídio com dolo eventual (quando o suspeito assume o risco de que o crime ocorra) e vai responder pelo crime em prisão domiciliar, com uso de tornozeleira eletrônica. A decisão foi tomada pelo Tribunal de Justiça da Paraíba nesta quarta-feira, após audiência de custódia.

O crime de trânsito aconteceu na Avenida Ruy Barbosa, por volta das 14h50 de terça-feira. Imagens captadas por circuito de segurança na região mostram quando o motorista do carro faz uma manobra irregular e atinge a vítima. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser acionado, mas o motociclista não resistiu aos ferimentos.

O motorista do automóvel estava alcoolizado. Ele passou pelo teste de etilômetro (bafômetro) e foi preso em flagrante.

O velório da vítima ocorreu durante a tarde desta quarta e o enterro, no início da noite, em um cemitério localizado no bairro José Américo.

Palavras Chave

João PessoaPolicial

Comentários

  • Júlio Cesar do Nascimento disse:

    Eita Brasil bão ! Aqui o errado sempre prevalecerá.

  • Pollyana disse:

    Infelizmente a justiça tem dois pesos e duas medidas, o idoso cometeu um crime, pois matou um jovem por está embriagado e agora vai cumprir prisão domiciliar, enquanto a vítima perdeu a sua vida. Na minha opinião o velho criminoso deveria ficar preso na cadeia e não no conforto da sua residência e ainda correndo o risco dele dirigir embriagado novamente e matar “inocentes”.

  • Hugo disse:

    Absurdo ! No mínimo !

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.