Segundo MPPB, local tem condições precárias (Foto: Divulgação/MPPB)

Lar que abrigava idosos com fome e ferimentos é interditado

Local foi notificado em junho deste ano e idosos deveriam ter sido transferidos ou levados pelas famílias, o que não ocorreu

748
COMPARTILHE

O Lar do Idoso Nossa Senhora da Conceição, no Bairro dos Estados, em João Pessoa, foi interditado nesta quarta-feira (22) pela Vigilância Sanitária Municipal. Três idosos que estavam no local foram transferidos. A residência já havia sofrido intervenção do Ministério Público da Paraíba (MPPB) e da Vigilância, por meio de uma fiscalização em junho deste ano, por abrigar idosos com fome e ferimentos e apresentar precariedades.

“Eu pedi muito a Jesus e ele mandou a senhora pra melhorar a nossa vida”, disse um dos três idosos resgatados, de 76 anos. Eles foram transferidos pela Promotoria de Justiça da Cidadania e Direitos Fundamentais e do Idoso para as instituições Divina Misericórdia, Vila Vicentina e Lar da Providência.

Segundo a promotora de Justiça Sônia Maia, esses idosos deveriam ter sido levados do abrigo por suas famílias, mas isso não ocorreu, o que levou a promotora a ingressar com pedido judicial da transferência. A liminar para a transferência foi expedida pela juíza plantonista Gianne de Carvalho Teotônio Marinho.

De acordo com a Gerência de Vigilância Sanitária, a residência onde funcionava o Lar do Idoso Nossa Senhora da Conceição não possui condições estruturais nem higiênico-sanitárias para abrigar uma instituição para idosos. Além disso, não apresenta registro no Conselho Municipal do Idoso nem alvará da Vigilância Sanitária.

Ainda de acordo com a promotora de Justiça, a instituição irregular abrigava 11 idosos, todos transferidos para abrigos regulares ou para a casa de familiares.

A transferência desta terça-feira contou com a participação da delegada do idoso da Capital, Vera Lúcia Lima, de servidores do Ministério Público e do Poder Judiciário, Vigilância Sanitária, Corpo de Bombeiros, Polícias Militar e Civil.

Notícias mais lidas