Início Política

Liminar garante volta de diretório do PT destituído em João Pessoa

No dia em que a Comissão Interventora do PT, em João Pessoa, marcou entrevista coletiva para falar sobre o apoio definitivo à candidatura do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB), a prefeito da Capital, o juiz da 64ª Zona Eleitoral, Fábio Leandro da Cunha, concede liminar, em Mandado de Segurança impetrado por nove membros do Diretório Municipal, suspendendo a decisão da Nacional, que destituiu e interveio no partido em João Pessoa. As informações são da jornalista da Rede Correio Sat, Sony Lacerda, em seu blog.

Na decisão desta terça-feira (20), o juiz Fábio Leandro trata a destituição do Diretório e Comissão Executiva Municipal como ato ilegal e abusivo da presidente do Diretório Nacional do PT, deputada federal Gleisi Hoffmann. O magistrado determina a imediata reativação de todos os poderes ao Diretório Municipal destituído, cuja presidente é Giucélia Figueiredo, e aos membros que devem reassumir, imediatamente seus cargos.

Ainda autoriza o acesso aos sistemas da Justiça Eleitoral e controle administrativo e financeiro da agremiação em âmbito municipal e podendo exercer todos os atos administrativos e judiciais inerentes à campanha da Coligação “Unidos por João Pessoa” (PT/PCdoB), que tem Anísio Maia como cabeça de chapa, “até o término destas eleições municipais”. A coletiva está marcada para às 10h e foi convocada pelo presidente da Comissão Interventora, Cícero Gregório de Lacerda Legal.

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.