Início Notícias

Polícia não sabe motivo de sequestro de criança

Em coletiva de imprensa concedida na tarde desta terça-feira (27) pelo delegado do Grupo Operações Especiais (GOE) da Polícia Civil, Allan Murilo Terruel, e pela delegada da Infância e da Juventude de João Pessoa, Joana D’arc Sampaio, foi informado que a polícia ainda não sabe o que motivou o sequestro da menina de sete anos, mas que a mãe acredita em uma possível vingança por parte do suspeito.

A criança, que desapareceu na cidade de João Pessoa, no dia 9 de março, foi encontrada na manhã desta terça na cidade de Penaforte, no Ceará, segundo a delegada Joana D’arc. De acordo com ela, a menina está bem, apesar de machucada.

“Ela está machucada, arranhada, e ela diz que era espancada por ele. Vou aguardar a chegada dela, nesta madrugada, e amanhã (28) todas as providências serão tomadas. A delegacia se encarrega de cuidar do restante”, disse Joana D’arc.

Ainda de acordo com a delegada, o suspeito já respondeu processo em Barbalha, cidade do Ceará, e em Salgueiro, em Pernambuco, por furto e roubo.

O homem de 27 anos vai responder, inicialmente, por sequestro. “Primeiro ele vai responder por sequestro. Dependendo do estado da menina, dos exames sexológicos, aí saberemos do restante”, informou Joana.

Em entrevista à TV Correio, a irmã da criança afirmou que não conhecia o suspeito do crime e que ele teria abusado sexualmente da menina antes de sumir com ela. Segundo a mulher, a suspeita de que o homem teria estuprado a menina dias antes de sequestrá-la foi levantada por vizinhos.

*Com informações de Katiana Ramos, do Jornal Correio da Paraíba

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.