Início Política

Manoel Júnior encontra contas da gestão zeradas

Eleito pela quarta vez prefeito de Pedras de Fogo, na Grande João Pessoa, Manoel Júnior (Solidariedade) disse ter encontrado saldo zero nas contas do Fundo de Participação dos Municípios, do ICMS, do Fundeb e do Fundo Municipal de Saúde.

Em entrevista ao programa Correio Debate da TV Correio, o ex-vice-prefeito da Capital até 31 de dezembro afirmou ter encontrado lixo em toda a parte, sistema de saúde falido, sem médico, sem medicamentos e sem insumos. Teve que recorrer a Itambé (PE), cidade colada a Pedras de Fogo, para garantir que o hospital funcionasse no primeiro final de semana da gestão.

Manoel Júnior falou ainda das dívidas. Uma delas, de R$ 25,8 milhões, devida ao Instituto de Previdência do Município pela prefeitura.

Sobre a relação com o prefeito da Capital, Luciano Cartaxo (PV), Manoel Júnior revelou que renunciou ao mandato de deputado federal, em 2017, para assumir como vice-prefeito, e que havia um compromisso político, que não foi cumprido: Cartaxo disputaria o Governo do Estado, em 2018, renunciaria e, assim, Manoel Júnior concretizaria o sonho de se tornar prefeito de João Pessoa.

Depois de passar 2017 se apresentado como candidato das oposições, Cartaxo acabou desistindo da disputa e enterrando o sonho do companheiro de chapa. Depois disso, a relação azedou, não aparentemente. “Eu tenho um defeito grave. As pessoas muitas vezes me fazem mal, me chateiam, mas 48 horas depois, eu estou curado”, disse Manoel Júnior.

Assista à entrevista nos vídeos abaixo, em três partes.

*Texto originalmente publicado no blog Sony Lacerda

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.