FOTO EMBARGADA PARA O ESTADO DA PARAÍBA - Solenidade de inauguração do Eixo Leste da Transposição do Rio São Francisco, nesta sexta-feira (10, na cidade de Monteiro (PB) © Raniery Soares
Eixo Leste da Transposição do Rio São Francisco (Foto: Divulgação)

Ministério confirma suspensão de bombeamento do São Francisco

Órgão atendeu ao pedido do Ministério Público Federal de Monteiro e confirmou a necessidade em nota publicada nessa quarta-feira (14)

442
COMPARTILHE

A Secretaria de Infraestrutura Hídrica do Ministério da Integração Nacional confirmou suspensão de bombeamento de águas da transposição do rio São Francisco no eixo leste até que as obras programadas para os açudes de Poções e Camalaú sejam concluídas, em até quatro meses. O órgão atendeu ao pedido do Ministério Público Federal de Monteiro (PB) e confirmou a necessidade em nota publicada nessa quarta-feira (14). O eixo leste leva água para o açude de Boqueirão, que abastece Campina Grande.

No fim da nota, o Ministério de Integração conclui que não foram encontrados elementos que justifiquem tecnicamente a impossibilidade de interrupção da pré-operação do Projeto de Integração do São Francisco (Pisf), sendo necessária a interrupção para conclusão das intervenções programadas nos dois reservatórios.

Ainda de acordo com a confirmação, o volume de água armazenada em Boqueirão é suficiente e a suspensão não prejudicará o abastecimento da população.

Pedido

A confirmação foi dada após o MPF pedir a suspensão do bombeamento da transposição. O MPF recomendou ainda, ao Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs), por intermédio de seu diretor-geral ou substituto legal, que tão logo haja a descontinuidade da água ou redução da vazão de bombeamento atualmente fornecida, retome as obras de recuperação dos açudes, inclusive as adequações para a execução da tomada suplementar de água, com o devido controle do fluxo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas