Moeda: Clima: Marés:
Início Notícias

Ministério Público cria grupo de trabalho da Operação Calvário

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) criou um grupo de trabalho para atuar nos procedimentos decorrentes da Operação Calvário, que investiga uma suposta organização criminosa infiltrada na Cruz Vermelha.

Leia também: 

O procurador-geral de Justiça, Francisco Seráphico Ferraz da Nóbrega Filho, designou três promotores para compor o GT, que trabalhará sob a presidência do coordenador do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado, juntamente com os demais promotores do Gaeco.

A Portaria 271 foi publicada no Diário oficial Eletrônico do MPPB, na noite dessa quinta-feira (14). Ela traz a designação dos promotores de Justiça para integrarem o grupo de trabalho.

Operação Calvário

A Operação Calvário foi desencadeada no dia 14 de dezembro passado, pelos órgãos do Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ/Gaecc-RJ), da Paraíba (MPPB/Gaeco) e de Goiás (MPGO-Gaeco) para investigar uma Orcrim que atua Cruz Vermelha Brasileira, filial do Rio Grande do Sul, e no Instituto de Psicologia Clínica, Educacional e Profissional (IPCEP).

Na Paraíba, onde a Cruz Vermelha administra o Hospital de  Emergência e Trauma da Capital, a operação teve uma segunda fase, desencadeada em 1º de fevereiro, para cumprimento de mandados de prisão e de busca e apreensão.

Comentários

Jonildo brito junior disse:

Mais um motivo. Mais um furto destes politicos vagos que nao sabem o que é pagar duplicata do proprio suor e cargas tributarias, o sistema burro Brasileiro deixa muitas brexas para este povo roubar, era para ser igual a paises do primeiro mundo, 57% dos impostos arrecadados no gov federal vai para as escolas e hospitais publicos, que nao funciona nem deixam o setor privado assumir com suas gerencias EXCELSIOR , tirava todo rombo dos cofres publicos ,e distravava estes setores gerando empregos e eficiencia para todos, equacionando a preveidencia tambem,

Francisco disse:

Alô ministerio público as regras para o concurso público da saude são publicadas de acordo com o interesse da banca, e não antes do concurso.

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.