Início Política

Nova reunião deve solucionar impasse da construção da Ferreira Costa em JP

Uma reunião que só deverá acontecer na próxima semana deve por fim ao impasse em torno da instalação do empreendimento Ferreira Costa na cidade de João Pessoa. Nesta quinta-feira (14), representantes do grupo participaram de uma reunião com o governador Ricardo Coutinho (PSB).  Também participaram o promotor José Farias, o presidente da Câmara Municipal, Marcos Vinícius e vereadores da bancada oposicionista.

De acordo com o promotor José Farias, uma nova reunião será marcada para a próxima semana. Ele disse que a expectativa é que o impasse seja solucionado.

O diretor-presidente do grupo, Guilherme Ferreira da Costa, disse esperar que a situação seja resolvida o quanto antes. Segundo ele, o empreendimento vai gerar 500 empregos diretos , e será instalado em uma área de mais de 60 mil metros quadrados.

Comentários

  • Renda disse:

    Esse site eu adorei. Conteudo muibo bacana mesmo. Continue assim postando conteudo de qualidade.

  • metro quadrado disse:

    Seu site é show. muito conteúdo de qualidade. Abraço e sucesso!!

  • LUIZ DE GONZAGA OLIVEIRA disse:

    NOTA “10” para o “MAGO” – Governador RICARDO COUTINHO, A Paraíba precisa e deve ter oportunidade de MAIS EMPREGOS, principalmente JOÃO PESSOA.

  • luiz antonio da silva ribeiro disse:

    E isso aí, mais uma nota 10 para nosso Governador, que acho o melhor do Brasil, mais empregos.

  • Marcio disse:

    Leda Guimarães que o diga!

  • Marcio disse:

    Até que fim esse portal que é partidário ao prefeito, permitiu uma nota a favor do melhor governador do Brasil.

  • joel farias de freitas disse:

    torço para que tudo dê certo, coisa desse tipo não se perde
    A gora devemos expor os nomes dessas pessoas que trabalham para outros empresários dificultando a vida de concorrentes, mas nota 10 para o governador Ricardo

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.