Início Destaque

Domingo tem espetáculos e show da banda Os Eloquentes

O Parque Solon de Lucena e a Casa da Pólvora, em João Pessoa, recebem, neste domingo (1º), respectivamente, o espetáculo O Camaleão Musical e show da banda Os Eloquentes, dentro da programação do projeto AnimaCentro, que também traz evento na Praça da Independência.

Leia também:

No espetáculo O Camaleão Musical, o cantor, compositor e violonista Henrique Ornellas apresenta a história de um camaleão que, passeando pela floresta, encontra os amigos sapo e pica pau para cantar, dançar e aprender. A peça, que começará às 16h, aborda temas como amizade e preservação da natureza, além de valorizar ritmos brasileiros. No repertório, Henrique Ornellas irá apresentar tanto músicas autorais como de compositores renomados como Toquinho, Gilberto Gil e Jackson do Pandeiro.

Na Casa da Pólvora, a banda Os Eloquentes se apresentará a partir das 16h30. O show promete animar o público com muito reggae e pop. No repertório, músicas autorais do EP Acredito e outras como Peço que o amor possa nos curar, single lançado na semana passada com a participação de Lucy Alves, além de composições inéditas. A banda já abriu shows da Nação Zumbi e Marcelo Falcão, já se apresentou em várias cidades brasileiras e participou do Montreux Jazz Festival (Suíça).

A Praça da Independência neste mês de março recebe várias atrações circense na programação do AnimaCentro, como Arretado Produções Artísticas, Circo D’Mônaco, Circo das Estrelas e Cia Patusco de Circo e Teatro. Neste domingo (1º), abrindo o mês, quem se apresenta é a Cia de Teatro e Circo Lua Crescente, a partir das 16h.

Com direção e atuação de Kleber Marone, o grupo apresenta o espetáculo Circo do Cara de Clown, onde o irreverente palhaço Espoleta tem o seu circo de um homem só. Além de ser o palhaço do seu circo, Espoleta também é malabarista, equilibrista, mágico e engolidor de fogo. A apresentação é destinada a todas as idades e é altamente interativa, tendo o público como parte fundamental.

O espetáculo surgiu a partir das experiências de Marone, ao longo dos anos, no Circo Escola Pirilampo, local de sua formação, e depois nas companhias circenses em que trabalhou como Miami Park Circo, Circo África e Circo Bolshoi.

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.