Moeda: Clima: Marés:
Início Policial

Operação mira grupo que planejava matar policiais da Paraíba

Grupo seria responsável pela morte de um policial ocorrida no ano passado, na cidade de Malta
Operação
Foto: Divulgação

Forças de Segurança da Paraíba deflagraram, na manhã desta sexta-feira (3), a Operação Mãe d’Água III, que investiga um grupo criminoso envolvido com tráfico de drogas e homicídios no Sertão. Pelo menos 15 pessoas foram presas.

De acordo com a Polícia Civil, investigações apontam que dois policiais militares e um policial civil estariam na lista de execuções planejadas pela quadrilha. O grupo seria responsável pela morte de um policial ocorrida no ano passado, na cidade de Malta.

Mandados judiciais são cumpridos em Patos, Malta, Condado, São Bentinho, Pombal e Paulista. Cerca de 100 profissionais das polícias Civil e Militar e também do Corpo de Bombeiros participam da operação.

Nas primeiras fases da Operação Mãe d’Água, as forças de Segurança já haviam prendido 13 suspeitos e apreendido armas, drogas e provas do envolvimento dos presos com atividades ilícitas.

“O grupo era extremamente violento contra facções adversárias e policiais que o combatesse e gostava de ostentar armas e suas drogas nas redes sociais. As investigações perduraram por cerca de três meses e a Polícia Civil apura a participação de outros possíveis integrantes na organização criminosa”, divulgou o delegado Cristiano Jacques.

Palavras Chave

InteriorPolicial

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.