Moeda: Clima: Marés:
Início Música

Orquestra Sinfônica de João Pessoa faz concerto em homenagem às mães

Apresentação, que tem início às 19h desta sexta-feira (13), é fruto de um convênio entre a Prefeitura de João Pessoa e a Arquidiocece da Paraíba

Sinfônica
Foto: Divulgação/Secom-JP

A Igreja de São Francisco, no Centro Histórico da Capital, será o cenário, nesta sexta-feira (13), do II Concerto Oficial da Temporada 2022 da Orquestra Sinfônica Municipal de João Pessoa (OSMJP), vinculada à Fundação Cultural (Funjope). A apresentação, que tem início às 19h, é fruto de um convênio entre a Prefeitura e a Arquidiocece da Paraíba e presta uma homenagem ao Dia das Mães.

“Estamos num processo de estímulo e valorização de nossos equipamentos culturais. E a Orquestra Sinfônica é um trabalho valiosíssimo que temos na Prefeitura de João Pessoa e que queremos potencializar”, afirmou o diretor executivo da Funjope, Marcus Alves.

Por isso, segundo ele, foi feita a parceria com a Igreja de São Francisco, garantindo um espaço arquitetônico e acústico de maior dignidade, inclusive para o público. “A igreja atrai e acolhe o público de maneira mais tranquila, segura, confortável, e vamos ter uma composição belíssima entre a música instrumental da nossa orquestra e a estrutura barroca de João Pessoa”, acrescentou.

O maestro regente, Laércio Diniz, afirmou que esse momento cria um marco para a história da orquestra, iniciando uma nova fase na música sinfônica da cidade. “Nossa ida para a Igreja de São Francisco cria uma outra etapa da orquestra, dá uma visibilidade diferente e, principalmente, dá uma cara nova para essa gestão”, destacou.

Além de oferecer ao público uma acústica diferenciada, a Igreja de São Francisco é um dos palcos históricos mais importantes do Brasil, reunindo arte, música e história, prometendo, segundo ele, um efeito catalisador e multiplicador para a cultura na cidade.

Os concertos passam a ser nas sextas-feiras, às 19h, oferecendo ao público e aos trabalhadores do centro da cidade um começo de fim de semana com uma apresentação em um local belíssimo e com muita música de qualidade.

“Fomos recebidos de braços abertos pelo Centro Cultural São Francisco, e a bênção de poder trazer a música divina para um solo sagrado acontece em uma das semanas mais lindas do calendário, que é o dia das mães”, declarou o maestro. “O concerto, portanto, é dedicado àquelas pessoas que são as nossas guias eternas, que nos fazem ser quem somos e que por nós têm um amor infinito: as nossas mães”, acrescentou Laércio Diniz.

Programação

O concerto começa com uma música que mostra a força, importância e alegria da data. ‘Música para os reais fogos de artifício’, do compositor barroco alemão Haendel. Em seguida, o trombonista da Orquestra, Rogério Vicente, toca o concertino para trombone e orquestra de cordas, do compositor Sueco Lars-Erik Larsson. Para encerrar, a sinfonia que marca, com a sua força e importância, uma nova era no período romântico, a primeira Sinfonia do compositor alemão L. V. Beethoven.

O concerto:

G. F Haendel: Música para os Reais Fogos de Artifício.

  • Ouverture
  • Bourrée
  • La Paix: Largo alla sicilliana
  • La Rèjoussance: Allegro
  • Menuets I e II

Lars-Erik Larson: Concertino para trombone e orquestra de cordas Op 45 n 7

  • Preludium Allegro Pomposo
  • Aria – andante sustenuto
  • Finale- Alegro giocoso
  • Solista: Rogério Pereira Vicente (Trombone)

L. v. Beethoven: Sinfonia N 1 em Do maior , Op 21

  • Adagio molto- Allegro con brio
  • Andante cantábile con moto
  • Minuetto: alegro molto e vivace
  • Adagio- Allegro molto e vivace

Palavras Chave

João PessoaMúsica

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.