Início Geral

Padilha diz que suspensão de Moreira Franco não constrange governo

O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, disse nesta quinta-feira (9) que não causa nenhum constrangimento ao governo a suspensão por um juiz federal da posse de Moreira Franco na Secretaria-Geral da Presidência da República.

Leia mais notícias de Política no Portal Correio

“Absolutamente não [causa constrangimento]. Se em cada medida judicial nós tivermos constrangimento, nós temos muitas medidas judiciais que não são exatamente as esperadas. Nós sempre acreditamos que, em grau de recurso, acaba preponderando a limpidez, a plena tranquilidade e serenidade das decisões do presidente Michel Temer”, disse o ministro, antes de saber que a Advocacia-Geral da União (AGU) tinha conseguido na Justiça derrubar a liminar que anulava a nomeação de Moreira Franco.

“Quando um determinado assunto é judicializado, penso que os membros de outros Poderes que não sejam do Judiciário não têm que opinar. Temos de cumprir as decisões judiciais. Não significa dizer que a gente concorda por inteiro. Nós exercitamos, quando é o caso, recurso. Mas quem fala sobre isso é o Judiciário”, completou.

O ministro negou ainda que a suspensão da posse do ministro atrase o cronograma de concessões do governo à iniciativa privada.

“Temos convicção de que o Poder Judiciário vai decidir com alguma rapidez pela plena licitude do ato praticado pelo presidente Michel Temer e pelo ministro Moreira Franco. Portanto, não temos tempo do atraso de absolutamente nada, e a equipe do nosso ministro Moreira Franco continua trabalhando como se nada tivesse ocorrido. Portanto, não há atraso nenhum”, afirmou.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.