Moeda: Clima: Marés:
Início Tecnologia

Parabólicas precisam ser trocadas após chegada do 5G; veja como fazer

Famílias inscritas no CadÚnico podem trocar equipamento gratuitamente, agendando no site Siga Antenado ou pelo telefone 0800 729 2404
Parabólica
(Foto: Pixabay)

Com a chegada da tecnologia 5G, que vai aumentar a velocidade de conexão de dispositivos móveis com a internet em até 100 vezes, as antenas parabólicas de TV deverão ser trocadas. Isso ocorre porque elas operam na mesma faixa de frequência que as conexões das redes 5G.

No Distrito Federal, onde a tecnologia foi ativada no dia 6 de julho, usuários de antena parabólica têm tido problemas de interferência no sinal das TVs, com chuviscos na imagem e até interrupção total do sinal.

Em João Pessoa, as redes 5G começam a funcionar nesta sexta-feira (29) e usuários de antenas parabólica na capital paraibana devem enfrentar os mesmos problemas.

Aparelhos gratuitos

Através do Siga Antenado, instituição criada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), famílias que são inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) do Governo Federal e possuem parabólicas podem obter antena e decodificador já adequados para a mudança de sinal, de forma gratuita.

No momento, a mudança só ocorrerá nas capitais e os beneficiários poderão fazer agendamento no Programa de Distribuição de Kits do Siga Antenado, escolhendo dia e horário para a instalação do kit. Para começar o agendamento, deve ser informado o número do CPF ou do NIS do responsável familiar. O processo também pode ser feito pelo telefone 0800 729 2404.

Para saber se está cadastrado no CadÚnico, é necessário acessar o site do Cadastro, preencher o formulário com nome completo, data de nascimento, o nome da mãe e selecionar estado e município onde mora e depois clicar em “Emitir”

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.