Imagem Ilustrativa - Foto: Rafael Neddermeyer/Fotos Públicas

Paraíba ‘reclama’ de falta de voos diretos para outros estados

De acordo com a Infraero, a capital da Paraíba só possui 25 voos diretos, mas informou que tudo depende das empresas aéreas

1590
COMPARTILHE

As restrições de voos diretos partindo do Aeroporto Internacional de Bayeux, Presidente Castro Pinto, na Grande João Pessoa, para outros estados do país são vistas negativamente pelos passageiros paraibanos. De acordo com a Infraero, o aeroporto possui 25 voos diretos atualmente, partindo para os seguintes destinos: Recife, Belo Horizonte, Campinas, Guarulhos, São Paulo, Rio de Janeiro e Maceió, mas acrescentou que tudo depende das empresas aéreas.

Quem quiser ir para qualquer outro lugar do país diferente desses, saindo do Aeroporto Castro Pinto, provavelmente terá que pegar um voo contendo conexão ou escala.

É o caso da editora-chefe do Portal Correio, Nice Almeida, que viajou a Brasília nesta quinta-feira (23), no Distrito Federal, a convite da Fundação Banco do Brasil, para fazer a cobertura jornalística da 9ª edição do Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social. Porém, ao invés de ir direto para o destino desejado, ela precisou passar pelo Aeroporto de Guarulhos, onde esperou mais de uma hora para finalmente chegar ao seu destino final. A jornalista gastou mais de 6 horas de viagem ao todo, quando deveria gastar apenas 2 horas caso estivesse disponível voo direto partindo do Castro Pinto.

Com as 6 horas desnecessárias que Nice teve que enfrentar, é possível chegar a destinos internacionais, se a Capital tivesse voos diretos para eles, como Buenos Aires, capital da Argentina, onde se gastaria, aproximadamente, apenas 5 horas e 20 minutos; Santiago, no Chile, gastaria cerca de 6 horas e 20 minutos; além de destinos localizados em outros continentes, como Lisboa, em Portugal, onde ela gastaria poucos minutos a mais que o voo que vai utilizar tendo Brasília como fim da rota.

O Portal Correio foi buscar e achou voos diretos para o destino de Nice, mas constatou que os preços são exorbitantes caso deixe para efetuar a compra perto do dia do embarque. A Fundação Banco do Brasil informou que procurou voos diretos para a jornalista, mas não achou, e a Infraero acrescentou que tudo depende das empresas aéreas, que escolhem quando os voos saem e seus possíveis destinos.

Turismo

A restrição dos voos assusta o Turismo do estado. Ao Portal Correio, Ruth Avelino, presidente da PBTur, afirmou que há uma luta para melhorar a situação. “A gente tem um trabalho muito duro para a melhoria da malha aérea na Paraíba. Temos uma carência para o mercado nacional; há uma luta constante, mas não é fácil, pois somos um destino ‘pequeno’, em todos os aspectos. É preciso uma sensibilidade das empresas aéreas com a gente, e é isso que estamos em busca”, disse.

Voo para Argentina

Em junho deste ano, o governador Ricardo Coutinho lançou o voo inaugural entre Buenos Aires e João Pessoa, que teve início no dia 1º de julho. O evento de lançamento do voo ocorreu na Embaixada do Brasil na Argentina.

No dia 1º de julho aconteceu o ‘batismo’ da aeronave que pousou com os primeiros turistas argentinos. O voo saiu de Buenos Aires às 12h35, com chegada à capital paraibana às 17h35. O retorno à Argentina com passageiros paraibanos fez uma escala em Maceió (Aeroporto Zumbi dos Palmares), confirmando, mais uma vez, a restrição de voos diretos saindo do Castro Pinto.

Conexão x Escala

Nos voos com conexão, o passageiro deve desembarcar da aeronave em outra cidade e embarcar em outro avião rumo à cidade destino. É possível ainda, embora mais raro, que haja mais de uma conexão.

Os voos com escala são aqueles em que o avião aterrissa em uma ou mais cidades antes do destino final, para desembarque e embarque de outros passageiros. Porém, não é preciso deixar a aeronave. Neste caso, não é necessário a troca do avião, apenas o tempo de viagem se torna maior que o voo direto por conta dos procedimentos de aterrissagem, embarques e desembarques.

9 respostas para “Paraíba ‘reclama’ de falta de voos diretos para outros estados”

  1. Outra dificuldade também são os preços. Uma viagem pra salvador, saindo do aeroporto castro pinto gerava em torno de R$1.500,00, no entanto saindo de Recife paguei apenas R$ 289,00. Sabendo-se que eu gastaria apenas R$40,00 para me deslocar de João pessoa à Recife. situações como esta complicam a vida dos moradores do estado tão quantos os problemas citados acima.

  2. Quando a Paraíba tiver mais incentivos por parte do governo e maior concentração de eventos internacionais, talvez assim possamos ter mais vôos diretos para outros destinos.

  3. Isso e uma palhaçada esse voo para a capital da argentina 1 se anuciou que as passagens era de no maximo 750 reais mais desde do lançamento eu não consigo encontrar esse valor e outra na epóca falaram que o governo do estado tinha dado varios beneficios a empresa aeria mais então cade esses beneficios agora foi um vôo lotado de babões de graça e a população não tem direito.

  4. 7 opções de voos de IDA Filtro
    Organizar pordecolagem mais cedo
    GOL PREMIUM
    Comodidade e benefícios exclusivos
    Conheça
    FLEXÍVEL
    Altere ou cancele seu voo sem custos
    Conheça
    PROGRAMADA
    Voe com bagagem
    Conheça
    LIGHT
    Voe pagando menos
    Conheça
    Voo G3-1535 por GOL
    Partida 01:45
    João Pessoa (JPA) Duração: 13:00 1 Conexão
    Chegada 14:45
    Buenos Aires-Aeroparque (AEP)
    R$ 1.538,58
    tarifa Gol Premium

    R$ 1.766,51
    tarifa Flexivel

    R$ 1.668,83
    tarifa Programada
    6 opções de voos de VOLTA Filtro
    Organizar pordecolagem mais cedo
    GOL PREMIUM
    Comodidade e benefícios exclusivos
    Conheça
    FLEXÍVEL
    Altere ou cancele seu voo sem custos
    Conheça
    PROGRAMADA
    Voe com bagagem
    Conheça
    LIGHT
    Voe pagando menos
    Conheça
    Voo G3-9286 por GOL
    Partida 03:10
    Buenos Aires-Ezeiza (EZE) Duração: 9:20 1 Conexão
    Chegada 12:30
    João Pessoa (JPA)
    R$ 1.654,20
    tarifa Gol Premium

    R$ 1.532,10
    tarifa Flexivel

    R$ 1.434,42
    tarifa Programada

    MENOR PREÇO DO DIA
    R$ 1.401,86
    tarifa Light

  5. como se pode ver não existe essa tarifa como foi anuciada de 750 reais,As negociações com a Gol Linhas Inteligentes começaram em 2011, por determinação do governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB). Para viabilizar o voo, o governo reduziu para 6% a alíquota de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) incidente no combustível de aviação.

  6. Um pequeno esclarecimento. Não existe escala em plano de voo, logo, um voo que sai de João Pessoa para Buenos Aires, não existe na realidade, pois o voo é Maceió-Buenos Aires, diferente do anunciado na mídia há uns meses atrás. Os passageiros é que vão de JP para a Argentina, mas em 02 voos (João Pessoa-Maceió / Maceió-Buenos Aires), daí os custos elevados, pois são acrescidas diversas taxas pela passagem do voo pelo aeroporto, e essas taxas são diluídas nas passagens.

    • Sr. José, não fale daqui que não sabe. O voo internacional de João Pessoa é circular: EZE-JPA-MCZ-EZE. Portanto, sua informação é inverídica. Procure se informar junto a Gol e a Anac.

  7. Viajo a trabalho constantemente.
    Vou para Recife, deixo o carro no aeroporto, é pago 1/3 do valor que pagaria voando de JP.
    Cabe um TCC com direito a bolsa em harvard pra quem explicar isso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias mais lidas