Início Notícias

PB desmente ministério e garante seringas para vacinação contra Covid

O secretário de Estado da Saúde, Geraldo Medeiros, desmentiu, nesta quinta-feira (14), a informação divulgada pelo Ministério da Saúde e garantiu que a Paraíba possui seringas e agulhas suficientes para a primeira fase da vacinação contra a Covid-19.

Em relatório enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF), o Ministério da Saúde falou que Paraíba, Pernambuco, Bahia, Acre, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul e Santa Catarina não teriam estoque suficiente dos materiais para o início da campanha, “caso houvesse a disponibilidade de 30 milhões de doses”.

Segundo Geraldo Medeiros, esse é um panorama antigo. Na terça-feira (12), o Estado da Paraíba já havia divulgado que dispõe, atualmente, de 550 mil seringas e agulhas. Desse total, 250 mil são reservadas para imunização contra a Covid-19. Municípios também possuem estoques dos materiais, de acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (SES). Além disso, o próprio Ministério da Saúde se comprometeu a enviar 400 mil seringas e agulhas até o início de fevereiro.

“A população pode ficar tranquila, pois o Estado tem seringas e agulhas suficientes para essa primeira fase, que contemplará idosos acima de 75 anos, idosos que vivem em abrigos, profissionais de saúde e a população indígena”, assegurou o secretário da Saúde.

Ao Portal Correio, a SES confirmou, ainda, que o Estado da Paraíba fechou um contrato para aquisição de mais 1,8 milhão de seringas e agulhas. A data para entrega dos insumos ainda não foi definida.

A Paraíba possui mil salas de vacinação prontas para dar início ao Plano de Imunização contra a Covid–19. Segundo João Azevêdo, o Estado está pronto para iniciar a distribuição da vacina no prazo de até 24h depois do recebimento das doses.

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.