Pesquisa aponta que viagem regional será tendência no pós-pandemia e Eduardo destaca vantagens da Paraíba

Para o deputado estadual Eduardo Carneiro (PRTB), é importante entender quais os cenários previstos
Eduardo Carneiro (Foto: Divulgação)

O turismo é correspondente a 3,7% do Produto Interno Bruto (PIB) do país e continua sendo uma das áreas mais afetadas pelo coronavírus no Brasil e no mundo. De acordo com uma pesquisa realizada pela Phocuswright,  uma empresa de pesquisa dedicada a analisar viagens online, o segmento pode se reinventar no pós-pandemia com tecnologias sem contato, além de ações para estimular viagens regionais com protocolos de higiene e segurança.
 
Ainda conforme o estudo, serão tendências no período pós-pandemia medidas que influenciem no combate ao contágio da covid-19. Por isso, reuniões e eventos virtuais permanecerão em alta, assim como tours virtuais e demais experiências que possam ser adquiridas de forma remota. De acordo com a pesquisa, as viagens regionais também devem aumentar nos próximos anos.
 
Para o deputado estadual Eduardo Carneiro (PRTB), é importante entender quais os cenários previstos pelos especialistas para que na Paraíba, o setor se adéque e seja pioneiro. Ele ressalta que por ter muitas belezas naturais e destinos atrativos no território, o estado tem ótimas oportunidades de se adequar ao mercado após a pandemia e crescer ainda mais.
 
“A Paraíba é atrativa do Sertão ao Litoral, além de ter uma localização estratégia em relação a demais estados nordestinos, o que nos dá vantagem, pois somos rota de fácil acesso para todos esses estados. Precisamos investir na divulgação de toda essa riqueza e patrimônio cultural para os próprios nordestinos e paraibanos, que muitas vezes não conhecem nosso estado”, pontua.
 
Pnad – Uma Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) mostrou que em 2019, dos 21,4 milhões de viagens analisadas, 96,1% foram nacionais e 3,9% foram internacionais. Eduardo ressalta que é importante que o poder público invista no setor turístico da Paraíba para que seja crescente o número de visitas à Paraíba.  “Sabemos de nosso potencial e é por isso que temos grandes chances de elevar ainda mais o turismo, fazer dele um diferencial e ponto forte do nosso estado”, ressaltou.
 
Ainda de acordo com a pesquisa, o Nordeste foi a segunda região mais visitada no Brasil e escolhida por 27,8% dos viajantes, sendo ultrapassada apenas pelo Sudeste, que liderou com 39,5%.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.