Início Notícias

Placas de veículos vão ter padrão único no Mercosul

A partir de 1º de setembro, as placas de veículos brasileiros começarão a ser substituídas por um novo modelo que segue o padrão estabelecido pelo Mercosul. Aprovada pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran), a mudança deverá ser feita até 31 de dezembro de 2023, quando toda a frota de veículos nacionais deverá estar rodando com a nova identificação. O valor a ser cobrado pelas placas ainda não está definido.

Segundo resolução nº 729, publicada no Diário Oficial da União desse domingo (8), a medida se aplica também aos reboques, semirreboques, motocicletas, triciclos, motonetas, ciclo elétricos, quadriciclos, ciclomotores, tratores e guindastes, que serão identificados por uma única placa, instalada na parte traseira.

Revestidas com película retrorrefletiva, as novas placas terão fundo branco com margem superior azul e as imagens da bandeira brasileira e o símbolo do Mercosul, mantendo os atuais sete caracteres alfanuméricos. Na parte frontal, a película protetora deverá conter as palavras Mercorsur Brasil Mercosul estampadas. Além disso, deverão possuir código de barras bidimensionais dinâmicos (Quick Response Code – QRCode) contendo números de série e acesso às informações do banco de dados de seu fabricante.

Os fabricantes de placas serão credenciados pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e serão responsáveis pela produção, logística, gerenciamento informatizado, distribuição e estampagem das placas veiculares. O credenciamento dos fabricantes terá validade de quatro anos, podendo ser revogado a qualquer tempo, se não mantidos, no todo ou em parte, os requisitos exigidos para o credenciamento.

Comentários

  • Paulo disse:

    Enquando o Brasileiro tiver a cultura de não perder uma parte do big brother, não abrir mão da cervejinha no fim de semana, não peder a novela das 8 e outros costumes que não levam a nada, os governantes faram o que bem entenderem, incluse roubar e nos por pra repor

  • JR disse:

    Já que tiveram essa ideia, devia o próprio estado arcar com as despesas tendo em vista a alta carga tributária de impostos que já pagamos no país, inclusive o IPVA- Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores que é altíssimo, fora outras taxas exigidas pelos departamentos de trânsito dos estados brasileiros.

  • francisco rolim pinheiro disse:

    Que otima noticia!!! voces acham que o caso da renovação da CNH, onde o povão, se manifestaram, eles engoliram? que nada, sempre vem bomba pra nós e temos de desce-la de goela a baixo…Isso é Basil!!!

  • eu disse:

    vamos tapar mas um buraco, eles levam e agente paga.

  • JOAO PAULO disse:

    MAIS UM GASTO PARA OS PROPRIETARIOS DE VEICULOS .

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.