Início Notícias

PM se confunde e faz operação em plantação legal de maconha

Uma denúncia anônima levou a Polícia Militar a executar, equivocadamente, uma operação contra a Associação Brasileira de Apoio Cannabis Esperança (Abrace Esperança), nesta quinta-feira (21), em João Pessoa. A associação é responsável pela fabricação de medicamentos à base de canabidiol e foi confundida com um local que estaria cultivando maconha ilegalmente.

Leia também:

De acordo com a assessoria de imprensa da Abrace Esperança, a plantação medicinal, que fica no bairro dos Ipês, Zona Norte da Capital, foi confundida com um laboratório ilegal de cultivo de maconha.

Durante a operação, a Polícia Militar chegou a acionar um helicóptero da Secretaria de Estado da Segurança e Defesa Social para dar apoio aos policiais na suposta ocorrência.

Ainda conforme a Abrace Esperança, os policiais chegaram a entrar na sede da Associação e tentaram deter um funcionário, que só não foi preso após se identificar e apresentar a documentação que comprovava a autorização judicial para plantio e manuseio da maconha, além da produção de medicamentos e fornecimento deles pela associação.

Após notarem que a operação havia sido um engano, os policiais liberaram o funcionário e deixaram o local.

O Portal Correio tentou contato com o capitão Sena, que esteve à frente da operação, para saber um posicionamento sobre a operação, mas as ligações não foram atendidas até a publicação desta matéria.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.