Moeda: Clima: Marés:
Início Notícias

PMJP publica recomendação para que população evite fogueiras

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio de uma recomendação da Secretaria de Meio Ambiente (Semam), publicada no Semanário Oficial do Município, está orientando a população para que evite acender fogueiras nesse mês de junho, para que não tenhamos aglomerações neste período de pandemia da Covid-19, produzindo fumaça que pode agravar a saúde das pessoas que têm doenças respiratórias, como asmas, pneumonias e bronquites.

A medida ocorre porque quem tem doenças respiratórias está mais vulnerável ao novo Coronavírus e quem contraiu a doença pode ter o quadro de saúde seriamente agravado por causa da fumaça.

Segundo dados da Sociedade Brasileira de Pneumologia, 334 milhões de pessoas, em todo o mundo, sofrem de asma. Trata-se da doença mais comum na infância e afeta 14% das crianças globalmente. Há ainda 4 milhões de pessoas que morrem por ano de infecções de doenças respiratórias e pneumonia. A cada minuto, cerca de duas crianças com menos de cinco anos de idade morrem por pneumonia e 80% dessas mortes são de crianças com menos de dois anos de idade. Entre os idosos, 99% dos óbitos por doenças respiratórias ocorrem em países de baixa e média renda.

Para o secretário de Meio Ambiente, Abelardo Jurema Neto, “não faz o menor sentido acendermos fogueira nesse período em que precisamos manter o distanciamento social e respeitar as pessoas que estão em casa e nos hospitais, doentes da Covid-19 ou mesmo quem tem uma doença respiratória que é agravada por causa da fumaça. É uma questão de humanidade, de empatia com o outro. Por esta razão a Semam publicou a recomendação no Semanário Oficial e esperamos que as pessoas respeitem as orientações. Nossos fiscais estão atentos”.

Em Campina Grande, o Ministéro Público da Paraíba (MPPB) recomendou que a prefeitura proíba fogueiras na cidade, o que já foi acatado pelo prefeito Romero Rodrigues (PSD).

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.