Moeda: Clima: Marés:
Início Policial

Presidente do Sousa diz que atacante foi aliciado a não participar de jogo contra Ferroviária

"Máfia está querendo se posicionar, mas aqui em Sousa ela não vai se criar", denunciou Aldeone Abrantes
Aldeone
Aldeone Abrantes (Foto: Reprodução/Arquivo pessoal)

O presidente do Sousa Esporte Clube, Aldeone Abrantes, revelou, nesta quarta-feira (30), que o atacante Luiz Henrique teria sido aliciado a não participar do jogo contra a Ferroviária-SP, válido pelas quartas de final da Série D do Campeonato Brasileiro.

O confronto, marcado para o próximo domingo (3), é o mais importante da história do clube paraibano. Caso vença por dois gols de diferença, o Sousa se classifica pela primeira vez para a Série C do Campeonato Brasileiro.

Uma vitória por um gol de diferença leva a disputa pelo acesso aos pênaltis. Com oito gols e quatro assistências na temporada, Luiz Henrique é a principal aposta do Sousa na empreitada.

“O nosso atleta Luiz Henrique foi aliciado por um suposto empresário do Rio de Janeiro para que ele não participasse do jogo. Estamos apurando essa situação. Já temos imagens de um carro que estaria sendo usado por esse homem e, se for o caso, vamos fazer um boletim de ocorrência”, disse Aldeone Abrantes.

Segundo o dirigente, Luiz Henrique teria sido ameaçado pelo suposto empresário. Para Aldeone Abrantes, o homem pode ter relação com esquemas de apostas.

“Ainda vou conversar direito com o jogador para saber como foi essa abordagem. Parece que até ameaça teve. É uma situação muito grave. A máfia está querendo se posicionar, mas aqui em Sousa ela não vai se criar”, comentou.

publicidade
© Copyright 2024. Portal Correio. Todos os direitos reservados.